Cuidado com seu cão em dias de festa!

Escrito na categoria "Cães, cachorros e caninos" por André M. Coelho.

Não existe nada mais agradável que as festas em família e os momentos de casa cheia não são mesmo? Justamente nestes momentos de alegria que os cuidados devem se dobrados. Seu cachorro fica livre, leve e solto pela casa, podendo aproveitar da possibilidade de aproveitar de cada situação para beliscar aquela comida que cai no chão, ou até mesmo, utilizar da sua infalível carinha de dó com os convidados, a fim de barganhar um pedacinho de comida.

Cuidados Importantes!

A principal dica que podemos deixar é que nestes dias de festa, você deve deixar a tigelinha de comida do cão cheia e longe da mesa de alimentos. Outra medida preventiva que mesmo não funcionando completamente, pode ajudar a reduzir bastante, é que você que você converse e peça aos convidados para não dar alimento pro cachorro.

Como cuidar do seu animal nos dias de festas?

Como proteger seu cachorro nos dias de festas?

Outro grande risco para a vida do seu animal é a bebida alcoólica, apesar de parecer absurdo, as pessoas podem estar um pouco alteradas e não ter muita noção do perigo que estejam oferecendo ao animal. Durante as festas, copos e latas com restos de bebidas podem ficar espalhadas pela casa e o animal pode aproveitar destes descuidos para beber sem saber o que é.

A dica principal é que você evite que seu animal fique no ambiente da festa, aconselhamos que você busque um local mais isolado que mantenha-o em segurança pelo menos no momento mais intenso da festa, pois é justamente nessas horas que você não terá muito tempo para ficar de olho no seu cão. Outro grande risco é uma fuga dos animais, o entra e saí de pessoas facilita a chance de uma porta aberta e ninguém perceber a fuga do cachorro. Fique bem atento aos riscos, observe tudo antes que aconteça, pois prevenir sempre foi melhor que remediar. Até breve pessoal.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário