Como nos seres humanos, a personalidade é um fator determinante na forma como cães lidarem com o estresse. Raças ou personalidades mais agressivas podem ser mais propensas a descontar o estresse em você, sua família, ou sua casa. Raças de cães que tendem a ser mais nervosas ou tímidas podem guardar o estresse e realmente tornar-se fisicamente doentes. Veja algumas formas como o seu amigo peludo pode estar mostrando o estresse, e como você pode ajudá-lo a lidar com isso.

Sintomas de estresse canino: queda excessiva de pelos

Todos os cães parecem derramar pelos demais, mas você já percebeu o quanto pelo pode cair quando o seu cão está estressado? Você pode ver isso acontecer no médico veterinário, quando você faz carinho em seu cão de estimação na sala de exame e os pelos de seu cão cobrem suas mãos e o chão.

Cachorros estressados colocam as orelhas para trás

Obviamente, cada raça de cão tem diferentes tipos de orelhas. A maioria dos cães, porém, vai colocar as suas orelhas para trás para baixo quando estiver sob estresse. Este é um sinal fácil reconhecer, mostrando que algo não está certo com seu amiguinho.

Sintomas do estresse em cães

A destruição de objetos na casa é um dos sinais mais claros de estresse canino, deixando claro também o excesso de energia que o cão tem e que não está sendo gasto em outras atividades. (Foto: www.hundezuerich.ch)

 

Cão lambendo o nariz e lábios é sintoma de estresse

Os cães parecem estar constantemente lambendo coisas de qualquer maneira, então como isso pode ser um sinal de estresse? A lambedura repetitiva do nariz e/ou lábios geralmente acompanha outros comportamentos, como alguns dos comportamentos mencionadas abaixo.

Cão bocejando pode ser sinal de estresse canino

Parece estranho que o bocejo seria considerado um sinal de estresse. Não seria apenas um sinal de cansaço? Mas o bocejo no cão está geralmente associado conjunto com outros comportamentos, como a evasão ou as orelhas para trás.

Cão ofegante demais? Pode ser estresse!

Cães geralmente ofegam para esfriar o próprio corpo quando está quente ou quando eles foram se exercitar. Se seu cão está ofegante sem motivo aparente, possivelmente com suas orelhas para trás e para baixo, isso pode ser um sinal de estresse. Tenha cuidado se os cães de repente param de ofegar e fecham a boca, pois isso pode ser um preparo para morder.

Comportamentos destrutivos de cães

Especialmente nas raças mais agressivas, os cães podem tentar aliviar o estresse mastigando ou mordendo móveis. Poem até mesmo morder ou lamber seus próprios corpos. Ou em alguns casos, se tornarem agressivos contra seus donos. Tente examinar as circunstâncias que aumentam os comportamentos agressivos, como serem deixado sozinho ou quando outros animais estão presentes.

Comportamentos evasivos

Há muitas razões que seu cão pode mostrar um comportamento evasivo, evitando outros cães ou pessoas. Colocam os rabos entre as pernas, evitam contato com os olhos, vão embora quando você chega. Estas são algumas maneiras de seu cão mostrar que ele está estressado. É importante lembrar que se seu cão está evitando uma situação que faz ele se sentir estressado é melhor do que ele mostrar agressão, e é importante respeitar essa mensagem.

Cachorro faz xixi ou coco pela casa

Um dos maiores sinais de estresse é quando um cão já treinado começa a fazer xixi e coco onde não deve. Considere deixar o cão do lado de fora da casa, dar um pequeno treinamento de novo para ele, ou proporcionar um ambiente mais seguro enquanto você estiver fora de casa.

Farejando excessivamente

Você pode pensar que o seu cão está ignorando-lo quando ela começa a farejar e ignorar os comandos, mas é provável que ela está estressado com alguma coisa. Isso acontece em determinados momentos, como durante a aula de obediência ou fora de casa? Veja se você pode restringir a causa, se há algum estímulo específico causando isso, se são várias causas.

Doenças que causam estresse no cão

O seu cão apresenta sinais de estresse com sintomas físicos? Perda de apetite, vômitos, diarreia, problemas de pele ou alergias podem ser sintomas de estresse canino. Se algum destes sintomas físicos não têm uma causa óbvia, o estresse deve ser o principal suspeito.

Latidos

O seu cão uiva ou late muito? O latido excessivo, seja dentro ou fora de casa, pode ser um sinal de ansiedade. Tente encontrar um padrão para o latido para determinar a causa da ansiedade. Isso acontece quando você vai embora? Quando estranhos vêm à porta?

Tratamento caseiro para o estresse canino

Reconhecendo que o seu cão está estressado é um passo na direção certa. Agora, você precisa encontrar maneiras de ajudá-lo a lidar com a ansiedade.

Mantenha a rotina dos cães normal, sem mudanças bruscas.

Previna e evite situações estressantes: Se você sabe, por exemplo, que o seu cão não se dá bem em lugares lotados, não o leve a esses lugares. Se seu cão está estressado quando você não está em casa, talvez pensar em conseguir um companheiro ou companheira pode reduzir o estresse para ele.

Exercício demais: exercício para animais de estimação tem que ser moderado. Começar a praticar exercícios físicos com o bichinho é a mesma coisa para ele e para você.

Passar mais tempo junto: fique mais tempo com seu cão, seja para fazer um pouco de jardinagem, lavar o carro, fazer as compras do mês no mercado. Esse tempo extra vai ser importante pra ele.

Estabeleça regras: cães tem menos estresse quando eles sabem o que é esperado deles. Defina cada uma delas e seja bem firme, não mudando elas para agradar seu amigo peludo.

Remédios caseiros para o estresse canino: água em abundância, alimentação balanceada, e em alguns casos, alguns florais que o veterinário pode receitar, podem ser essenciais no tratamento do estresse canino.

Como você ajuda seu amigo cãozinho a tratar o estresse? Quais dicas daria para quem quer tratar o estresse canino?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)