Ter um bichinho de estimação é muito mais difícil do que ter um bebê. Espere, como eu poderia saber que já que eu não tenho um bebê?

Porque os bebês dormem. Muito. Bebês fazem xixi e cocô nas fraldas. Leva meses e meses para bebês para aprender a andar. Tudo isso é o oposto de um pet, apesar de meus bichinhos de estimação recentes (dois gatos) dormirem boa parte do dia, mas pelo calor e preguiça.

Não me interpretem mal, ter um bebê recém-nascido é louco, difícil e cansativo. Eu entendo. Eu só estou dizendo que ter um bichinho é difícil também.

Assim, apenas no caso de você está pensando sobre a obtenção de um novo membro da família, aqui estão algumas coisas que eu gostaria de saber antes de ter embarcado nesta jornada.

Seu bichinho vai fazer xixi

Muito. Em todos os lugares. Basta estar preparado com uma abundância de itens de limpeza e muita paciência para treinar seu pet a não fazer nestes lugares, sempre reforçando ele positivamente com brinquedos e/ou guloseimas quando ele fizer no lugar certo. E não pense que gatos fogem disso, pois eles também farão fora da caixinha.

Seu bichinho vai fazer cocô

E vai feder um bom bocado. As fezes, no geral, deixarão sua casa com um odor característico de bichinhos de estimação. Compre uns odorizadores, perfumes e deixe sempre sua casa muito bem ventilada.

Controle sua raiva

Você vai se surpreender a quantidade de vezes que vai querer bater em seus bichinhos, mal imaginando o quão violento você é capaz de ser. Controle-se e seja muito paciente. Violência não leva a nada.

Você vai gastar boas horas treinando e vigiando o pipi e o coco do seu bichinho

Para que finalmente, ele faça no lugar certo. Bom, pelo menos na maior parte do tempo.

Seu pet vai ter um monte de energia

Você pode estar bem ciente desse fato antes de trazê-lo ou a sua casa, mas você não vai entender completamente a extensão de sua energia até que você esteja sentado no sofá, tentando assistir alguma coisa relaxadamente e seu bichinho está correndo ao redor da mesa de jantar. Realmente não importa quanto exercício você dê a eles. Eles sempre terão mais energia do que você.

Adaptação dos bichinhos de estimação difícil

Independente do bichinho, acredite ou não, a adaptação vai levar um bom tempo. (Foto: home.allergicchild.com)

A chave para manter a sua sanidade mental é manter o seu bichinho entretido

Comprar um monte de ossos, brinquedos da mastigação, canetas laser, o que for para que eles tenham algo para fazer. Se você não fizer isso, eles vão em seu armário e começarão a colocar suas meias fora de sua cesta no chão e carregá-los por toda a casa. Melhor ainda, mantenha suas meias em uma gaveta, mas já ouvi de bichinhos que aprenderam a abrir as gavetas de seus donos.

 Se você tem outros animais, você vai aprender a ser um juiz de brigas

Geralmente, a introdução de um novo animal de estimação a um ambiente onde outro bichinho já está é tranquila. Mas pode não ser e você vai ter que aprender a ser um juiz de brigas e comportamentos. Quando um rosnar para o outro ou as brigas ficarem muito pesados, é hora de separa-los. Só não faça como uma amiga minha que foi separar a briga de dois gatos com o pé descalço e acabou toda mordida e arranhada.

Você vai ter vários arranhões em seus braços e mãos de brincadeiras

Isso não é ruim, pois é assim que a maioria dos bichinhos brincam. Mas você precisa aprender a dar limites a eles. Empurre o rosto do pet quando ele fizer algo que machuque ou que você não goste. Não significa ser violento nem muito brusco, apenas afaste o rosto/garras para que ele aprenda a ser mais educado.

Comer e beber é uma bagunça!

Até o seu bichinho ser totalmente treinados, eles vão fazer uma bagunça ao comer e beber. Fique esperto para a limpeza.

Cuidado com as visitas

Não por conta de risco de ataque. Mas porque visitas podem incentivar comportamentos que você não goste muito. Por exemplo, não gosto dos meus gatos mordendo meus dedos. Mas já tive visitas que gostavam e logo depois que eles saiam, meus gatos voltavam a morder meus dedos. Explico agora pra todo mundo não deixar porque não são eles que ficarão com os gatos todos os dias da semana.

Os custos

Ração, areia, vacina, remédio, vermífugo, brinquedos. A lista só aumenta com o tempo.

 Considerações finais

Apesar de seu status elevado de manutenção, você terá um monte de diversão com seu pet. Mesmo que os filhotes não façam xixi e cocô onde deveriam e tem mais energia do que você imagina, eles te amam incondicionalmente e sua emoção quando vêem você no final do dia, não conhece limites. É um misto de emoções que ninguém poderá descrever para você, a não ser que você já tenha vivido.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)