O cuidado com os cães para muitas pessoas já é algo intuitivo e sem muitos segredos. Desde pequenos convivemos com os cães, frequentamos casas com cachorros e aprendemos com o hábito a lidar com esses bichinhos. Essa sabedoria adquirida com a experiência é das mais importantes, mas não custa nada formalizar e acrescentar coisas que as vezes deixamos pra trás e farão toda a diferença na vida do cãozinho. Aprenda, ou re-aprenda como cuidar de cachorros!

Alimentação: Assim como é alimentação dos gatos, os cachorros desmamam entre as 6 e 8 semanas de idade. Neste período final do desmame deve ser feita a transição gradativa para a ração, para o sistema digestivo ir se acostumando. Amoleça ração para filhotes em água morna e alimente seu cachorro com ela. Vá aumentando a quantidade da ração proporcionalmente ao abandono do leite materno. Ele será alimentado com a ração para filhotes até os 6 meses de idade, após essa idade ele já pode ser alimentado com ração para adultos. Preste sempre atenção nas rações, se são para cães de pequeno, médio ou grande porte. Você também pode fazer um agrado de vez em quando, comprando palitinhos e bifinhos para cães. Eles contribuem para a redução de tártaro e melhora do hálito. Deixe sempre água fresca à disposição do cachorro

Vacinas: A vacinação de cães é importante para a prevenção das principais doenças caninas: hepatite, cinomose, parvovirose, leptospirose, parainfluenza, coronavirose, e a mais popular de todas as doenças caninas: a raiva. O cachorro pode ser vacinado contra raiva a partir dos 4 meses de idade, as outras vacinas devem ser dadas gradativamente, embora sejam anuais. Consulte um veterinário sobre os períodos de vacinação.

Cuidar de cães

Como cuidar de cachorros

Banho: O banho deve ser dado a partir do quarto mês de vida do animal, antes disso limpe-o com paninhos com água morna e vinagre. A partir dessa idade a periodicidade do banho em cachorros varia de acordo com as suas atividades, se ele passeia na rua, rola no chão, ou se fica mais em casa sem se exercitar demais. Quinzenalmente é uma boa média para dar banho em cachorros. Eles devem ser banhados com produtos próprios para cachorros, em água morna, e secos com toalhas e secadores de cabelo. Deve-se ter cuidado com os ouvidos e os olhos dos cachorros, é recomendável colocar bolas de algodão nos ouvidos para prevenir da água. No inverno, diminua a quantidade dos banhos para evitar gripes e resfriados. Fora o banho é recomendável sempre escovar o cachorro, para retirar pelos soltos, descamações de pele e impurezas em geral.

Ração para cães

Alimentar cachorros

Higiene do ambiente: Separe um local próprio para isso, na casa ou no apartamento. Nesse último a área indicada é a área de serviços, para as necessidades dos cães. Cubra uma parte do piso com jornal e acostume o cachorro desde filhote a fazer neste local. Algumas dicas de adestramento podem te ajudar nesse caso. Troque diariamente o jornal e recolha as fezes sempre que você se deparar com elas.

Casinha ou caminha: O cachorro precisa de um espaço para dormir e se recolher. Escolha para ele uma caminha confortável ou uma casinha para que ele se sinta aconchegado.

Vermifugação: Os vermes são inimigos dos animais. Portanto, faça a vermifugação do animal semestralmente, isso evita doenças e transtornos maiores. Os vermífugos podem ser dados em casa, somente consulte o veterinário para saber qual marca ele recomenda.

Cachorro é tudo de bom

Cães e homens : companheiros

Passeio: Passeie diariamente com seu cachorro, ele precisa se exercitar e gastar energia. Cachorros presos em casa podem ficar estressados, obesos e com problemas nas articulações. Além disso você pode ensinar seu cachorro a sempre fazer as necessidades na rua (e você recolhe!), isso se você cumprir a promessa de levá-lo ao menos três vezes por dia para um passeio.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

2 comentários para “Como cuidar de cachorros”

  1. Annette

    Ler isso foi como entrar no mundo de como fazer o seu animal de estinacão se sentir nelhor agora que eu já sei quase tudo vou me esforsar e fazer o meu bichinho se sentir melhor

    Responder
  2. Maria Girlene Santos

    Tenho uma cadela mistura de linguiça com fox. Ela ¨fala¨comigo. Agora deu cria e acho que os filhotes também vão aprender. Obrigada pelas dicas. Me ajudaram muito.

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)