Por que o gato ronca? É normal?

Escrito na categoria "Gatos e felinos" por André M. Coelho.

Não é segredo que os gatos gostam de dormir. Eles fazem isso com frequência e fazem isso muito bem. Muitas pessoas estão familiarizadas com o som de seus gatos roncando suavemente enquanto estão aconchegados no sofá – mas é realmente normal que seu gato ronque? Vamos analisar as razões pelas quais os gatos roncam e alguns dos problemas de saúde mais comuns associados ao ronco…

Por que o gato ronca: entendendo o significado do ronco

Assim como os humanos, os gatos têm um ciclo de sono e é mais provável que o ronco ocorra no estágio mais profundo do sono, quando o corpo está totalmente relaxado. À medida que o corpo relaxa, as vias aéreas se estreitam, causando a vibração dos tecidos moles circundantes. As vibrações ocorrem nas passagens entre o nariz e a garganta, causando respiração audível que chamamos de ronco.

O ronco também pode ser causado por uma obstrução parcial das vias aéreas, em particular a úvula, palato mole e garganta.

Toncos em gatos

Gatos podem roncar e isto não necessariamente ser um sintoma de problema. (Foto: YouTube)

Quando o gato ronca?,

Há várias razões pelas quais seu amigo felino pode estar roncando, seja um novo desenvolvimento ou uma norma ao longo da vida, incluindo:

Peso: assim como a obesidade é uma das causas mais comuns de ronco em seres humanos, o mesmo ocorre com os gatos. Se o seu gato estiver acima do peso, haverá acúmulo de gordura nos tecidos que circundam as vias aéreas, o que pode desencadear o ronco.

Doença: um resfriado ou tosse comum pode causar uma respiração mais pesada do que o normal em seu gato, no entanto, o ronco dura apenas enquanto a doença durar. Um sinal de que seu gato está doente é uma perda de apetite ou letargia

Asma: a asma geralmente causa ronco e geralmente é necessária medicação para resolver o problema

Infecção do Trato Respiratório Superior: sintomas disso incluem secreção ocular ou nasal, espirros e feridas no nariz. O ronco ocorre devido a uma congestão nos seios, mas isso é tratável com antibióticos

Obstrução: quando um corpo estranho se aloja nas vias aéreas, seu gato começa a roncar. Se for esse o caso, consulte um veterinário que removerá o objeto. Outra “obstrução” pode ser um tumor ou pólipo, e será necessária cirurgia para remover esse

Alergias: se o ronco começar, é provável que a causa seja uma alergia

Apesar das causas listadas acima, o caso pode ser bem menos sério e depender apenas da raça do seu gato. Por exemplo, gatos braquicefálicos, como persas – têm rostos muito mais curtos e, portanto, têm maior probabilidade de roncar.

Se você tem um gato de focinho curto, certifique-se de examiná-lo por um veterinário que possa verificar se a estrutura da cabeça não está perturbando a respiração regular do dia-a-dia.

Gato fazendo barulho: avaliando o ronco do gato

Se o ronco do seu gato é um desenvolvimento recente que não parece piorar, é provável que o problema seja menor, como uma doença geral ou alergia. Tente usar um umidificador perto da cama do seu gato, que umedecerá o ar que respira.

Você deve estar particularmente alerta se o seu gato parecer estar em perigo quando roncar, estiver com dificuldade para respirar, ofegando por ar ou respirando mais rapidamente do que o normal. Nesse caso, consulte seu veterinário imediatamente.

Embora o ronco não indique necessariamente que há um problema de saúde com seu gato, se você estiver preocupado com a saúde dele, sempre procure aconselhamento veterinário, pois pode haver um problema subjacente que precisa ser resolvido.

https://youtu.be/EJAZ-Yj2kk4

Seu gato ronca? Você tem algum conselho para outros donos de gatos? Deixe-nos saber em um comentário abaixo…

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário