Um plano de saúde para bichinhos de estimação funciona muito como um plano de saúde normal. Você pagará um valor fixo mensal, mais um extra como coparticipação em exames, cirurgias, e medicamentos que o bichinho possa precisar. Antes de sair assinando um plano de saúde para seu animal de estimação, é necessário entender muito bem a cobertura do plano de saúde, e se ela vai atender às suas necessidades – e do bichinho de estimação.

Plano saúde animal em SP, RJ, MG, ou qualquer estado: veja a cobertura do plano antes de assinar

Como qualquer tipo de plano de saúde, empresas vendem planos para animais de estimação usando um sistema hierárquico. Os vários níveis de cobertura disponíveis incluem:

  • Cobertura de emergência: é o nível mais baixo, e mais barato, que você pode obter para o seu animal de estimação. Cobertura de emergência abrange as contas do veterinário, hospitalização e tratamento médico necessário após um acidente ou urgência. Não abrange visitas de rotina ou cirurgias.
  • Cobertura de emergência e doenças: o segundo nível, abrange tanto acidentes quanto doenças inesperadas. Você pode levar o seu cão ou gato ao seu veterinário em uma clínica de emergência, ou um hospital de animais. Neste nível, o plano irá cobrir visitas rotineiras, cuidados médicos necessários (de rotina e urgência), e raios-x.
  • Cobertura de emergência, doença e para exames de rotina: o terceiro nível, cobre ferimentos acidentais e doenças súbitas, bem como mais cirurgias e tratamentos de rotina. Cobre pedidos de esterilização e castração, vacinação, e um exame físico completo anual.
  • Cobertura total: abrange todas as despesas médicas do seu animal. Cobre acidentes, doenças, exames de bem-estar, vacinação, castração e esterilização, prevenção de dirofilariose, cuidados dentários, e doenças crônicas.
  • Cobertura regional/estadual/nacional: além de cobrir os gastos com exames, o plano de saúde animal pode cobrir exames e cirurgias em outras cidades, até em outros estados. Pode ser incluso apenas tratamento de emergência em outras cidades, ou também exames rotineiros.
Por que ter um plano de saúde para seu bichinho

Com um plano de saúde para seu bichinho de estimação, pode ficar muito mais barato cuidar do seu melhor amigo. (Foto: www.forbes.com)

Plano de saúde animal: preço

Quanto mais ampla a cobertura, mais cara é a mensalidade, e menores são os custos de coparticipação. É preciso avaliar as necessidades de seu bichinho de estimação, bem como sua capacidade de cobrir os custos de um plano de saúde para seu amiguinho peludo. Todos os planos também tem um limite de incidentes e coberturas anuais. Esse limite depende do nível de seguro escolhido, só raramente esse limite é baixo.

Cada região do Brasil tem preços bem diferenciados para o plano de saúde. Em algumas regiões, o plano obriga que os donos coloquem chips de identificação nos cachorros, para identificação dos mesmos nos exames e tratamentos. Esse processo não é coberto pelo plano.

Na maioria das vezes, o plano de saúde é limitado a poucas cidades em uma região, ou mesmo só um grupo de clínicas e hospitais veterinários. Pesquise bem, compare os preços, pois há uma variação muito grande numa mesma região.

Não colocaremos os preços aqui pois eles ficariam desatualizados muito rapidamente, e não ajudariam nossos leitores a escolher o plano. Mas demos todas as dicas que você precisa para comparar e escolher o melhor preço do plano de saúde para bichinhos de estimação.

Limitações de raças para planos de saúde

É importante notar que alguns planos de saúde para animais de estimação tem uma mensalidade mais cara para algumas raças de animais. Ou, em outro extremo, até negam o plano de saúde. Cães de raças mais agressivas, por exemplo, como Pit Bulls, Rottweilers, Llasa Apso, e Chow Chows estão inclusos. Raças com muitos problemas genéticos podem ter o plano de saúde negado.

Plano de saúde animal: meu pet precisa?

Considere os seguintes critérios ao escolher um plano de saúde para seu cão ou gato:

Idade e saúde do bichinho: os filhotes e adultos jovens e saudáveis ​​não precisam visitar o veterinário frequentemente. Com exceção de acidentes, você pode ter que levar o seu cão ou gato ao veterinário uma vez por ano para um check-up anual e as vacinas. O seguro básico pode não valer a pena para animais jovens, e você pode querer considerar uma opção de cobertura somente de emergência. No entanto, tenha em mente que, em geral, enquanto os planos mais básicos cobram mensalidades mais baixas, eles vão exigir uma coparticipação maior. Devido a isso, você provavelmente irá obter o máximo proveito de um plano de seguro de animal de estimação com um bichinho mais velho. Quando os animais envelhecem, eles tendem a desenvolver mais doenças, tornam-se mais suscetíveis a lesões, e passar mais tempo no veterinário. Lembre-se, mesmo com um plano de cobertura total, algumas empresas de planos de saúde para animais não pagam para condições pré-existentes. Você deve pesquisar os requisitos específicos sobre condições crônicas do bichinho antes de aplicar para um plano de saúde.

As finanças pessoais dos donos: tratamentos veterinários, especialmente depois de um acidente grave, podem custar muito caro. A maioria das pessoas não pode se dar ao luxo de pagar por essa despesa emergencial. O plano de saúde para o bichinho de estimação vai garantir que você possa pagar operações dispendiosas, mas necessárias, sem enfrentar graves dificuldades financeiras.

Plano de saúde animal: vale a pena?

Muitas pessoas não percebem que as despesas médicas são uma grande parte de quanto um bichinho realmente custa para manter. Felizmente, planos de saúde para animais de estimação irão garantir que você sempre tenha uma maneira de manter seu animal de estimação saudável, e a cobertura pode poupar muito dinheiro ao longo da vida do seu animal de estimação. Se você tiver problemas para decidir sobre qual o nível de cobertura escolher, comece de baixo. Você sempre pode adicionar um nível de cobertura mais elevada, mais tarde, se você perceber que precisa

Como uma alternativa ao seguro de animal de estimação, você pode começar uma conta poupança ou fundo de emergência para se preparar para gastos inesperados com o animal de estimação. Prevenir é bem melhor do que remediar.

Você tem seguro de animal de estimação para seu cão ou gato? Que tipo de seguro que você tem e como é que ele facilita sua vida?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

3 comentários para “Plano de saúde animal para cães e gatos! Vale a pena?”

  1. Ozilda

    Boa tarde, como os animais são identificados nas consultas? É Obrigatório uso de chip de identificação?

    Responder
    • Equipe Estimação

      Ozilda, depende do plano de saúde, no caso do plano utilizar o plano, provavelmente será um pré requisito para as consultas.

      Responder
  2. Alaíde

    Ótimo artigo, muito esclarecedor, adorei o site, tem diversos artigos, esclarecendo duvidas que eu nem sabia que tinha rs :) Estão de parabéns!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)