Descobrir o pedigree de seu cão de raça é uma parte importante da criação de animais de estimação. A razão é que conhecer o seu cão e sua ascendência irá explicar seu temperamento, condições médicas e aparência geral. Além disso, se você já pensou em vender o seu cão ou entrar nele em um show, os potenciais compradores e os juízes vão querer esta informação. Como resultado, se você não conhece o pedigree, ou seja, a pureza de raça de seu cão, é hora de descobrir.

O primeiro passo é criar um fluxograma que se parece com uma árvore genealógica. Você terá que usar esta ferramenta, a fim de preencher os espaços em branco para descobrir os antepassados de seu cão. Você pode fazê-lo listando seu cão em cima e embaixo, a ramificação dos pais e avós. Ou você pode fazê-lo em sentido inverso. De qualquer forma, deixe quadrados em branco ou linhas abertas, de modo que você pode preencher os espaços em branco.

Reveja todo o trabalho de papel que você tem sobre o seu cão. Os cães que são registrados com sociedades de criações de cães de raça pura, como a Associação Cinológica do Brasil, tem todo o histórico de seus pedigrees listados. Pedigree é frequentemente listado, mas não necessariamente correto. Como resultado, você deve considerar o que está listado como uma pista do passado de seu cão e não como um fato. Busque o registro do pedigree do seu cão em seu fluxograma

Pedigree de cães

O pedigree é mais ou menos como um passado familiar de seu cão, atestando sua pureza de raça. (Foto: www.telegraph.co.uk)

Pergunte ao dono original do seu cão sobre seu pedigree. Volte a eles, mesmo que você o tenha adotado e descubra o máximo que puder sobre o seu cão, a história deles. Quem eram seus pais, avós e bisavós? Que raça eram eles? Que tipo de raça seu cão mais “copia”? As respostas a estas perguntas serão o primeiro indícios quanto ao seu pedigree. Certifique-se de digitar o que você descobriu em seu organograma.

Confira um livro ou sites que detalhem raças de cães. SVocê vai se surpreender com o que você vê sentado nas prateleiras. O que você quer fazer é encontrar um livro que mostra fotos e dá excelente descrição de um cão e as raças. Isso também irá ajudar a determinar seu pedigree, porque você vai ser capaz de verificar até a pureza de raça pelo comportamento e porte de seu cão.

Analise a informação que você recuperou e reveja as instruções acima. É o seu cão de uma raça misturada? Será que ele vem de uma longa linha de poodles com problemas no quadril e temperamentos pobres? Correlacione toda a informação que você recuperou e preencha o fluxograma. Em seguida, liste o pedigree, como você entender.

Se você absolutamente não pode descobrir a raça do seu cão, recorra a ajuda de um especialista em raças de cães.

O mais importante no pedigree é garantir que o animal que você está comprando não tem problemas genéticos graves com ele relacionados ou que não seja tão puro de raça quanto se espera ao pagar caro por um animal. Se o pedigree não é uma preocupação para você, quem sabe não é melhor adotar um animalzinho?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)