Então, você se apaixonou pela raça Pug e você está se sentindo pronto para começar sua busca pelo Pug perfeito. Embora os Pugs sejam adoráveis ​​e pequenos, você quer saber tudo sobre os Pugs antes de tomar a decisão final de trazer um para seu lar. Os seguintes detalhes sobre Pugs o ajudarão a se familiarizar mais com a raça.

Vocalização e outros sons do cachorro pug

Embora os Pugs não sejam conhecidos por serem latidores, eles tem um latido bastante único que é usado diariamente por uma variedade de razões. Além do latido, Pugs tendem a grunhir, resmungar e tem uma tendência a roncar ao dormir. Como os Pugs adoram estar perto de seus proprietários e precisam de muita atenção, provavelmente eles querem dormir no seu quarto. Se eles estão em sua própria cama, sob sua cama ou compartilhando as cobertores com você, esteja preparado para ter interrompido o seu sono devido ao ronco do seu Pug.

Carência e afeto da raça pug

Pugs querem ser o centro do seu mundo e eles precisam de atenção quase constante para que eles se sintam emocionalmente completos. Isso significa que você deve estar preparado para ser seguido em toda a casa em todos os ambientes, bem como no exterior. A raça Pug tem uma insistência em estar sempre ao lado dos seus donos. Se você passar inúmeras horas trabalhando e longe de casa, você vai querer considerar se você será capaz de fornecer as necessidades emocionais necessárias de um Pug.

Gases e odores dos pugs

Pugs geralmente não tem nenhum odor, desde que sejam cuidados e banhados regularmente. No entanto, eles tendem a ter gases e frequentemente vão liberar gases. Se você ou os membros da sua família são sensíveis a odores desagradáveis ​​fortes, você pode querer reconsiderar se um Pug é um bom ajuste para você. Este é um problema bem conhecido para os Pugs que geralmente dura durante toda a vida.

Energia dos pugs

Pugs tem muita energia, e isso é um dos aspectos mais interessantes dessa linda raça. (Foto: American Kennel Club)

Pugs podem levar algum tempo para o treino de banheiro

Pugs não gostam de um clima incômodo, então você pode ter que lidar com um cachorro que se recusa a ir ao banheiro durante uma chuva, por exemplo. Aproveite o tempo para reforçar a convivência ao ar livre, não importa o quanto eles resistam para sair. Aderir a um cronograma ajudará seu pug a aprender o que ele ou ela deveria estar fazendo. Lembre-se, os pugs respondem ao reforço positivo e não ao castigo. Pugs são motivados pela comida, então dê a ele um petisco e muitos elogios quando ele ou ela vai ao banheiro.

Problemas com pugs

Pugs podem ter problemas respiratórios recorrentes devido ao seu focinho achatado. (Foto: The Telegraph)

Pugs comerão quase qualquer coisa.

Pugs podem comer palitos, chicletes, rosquinhas, macarrão e até pirulitos. Para evitar uma viagem ao veterinário, certifique-se de não deixar comida ao redor, pois os pugs não tem muitos critérios seletivos para o que vão comer em casa.

Pelos do pug

Um pug é também uma raça que solta muitos pelos, o que pode ser um problema para muitos donos. (Foto: Barnes Pugs)

Trocas de pelos e alergias

Pugs derramam pelos diariamente. Isso significa que você encontrará pelos por toda a sua casa e em seus móveis. Se você ou os membros da sua família tiverem alergias ou sensibilidades para cães, você vai querer reconsiderar o acolhimento de um Pug em sua casa. Uma vez que Pugs deixam pelos caírem regularmente, você deve estar preparado para aspirar, varrer e limpar diariamente, semanalmente.

Problemas de saúde dos pugs

Pugs tendem a sofrer de doenças da pele, doenças dos olhos e distúrbios das articulações geralmente devido a práticas de reprodução precárias e excesso de reprodução. Isso significa que você estará visitando o veterinário para tratar esses problemas de saúde específicos. Embora sejam necessárias visitas regulares ao veterinário para check-up e vacinação para cada raça de cães, os Pugs podem exigir visitas adicionais para tratar seus problemas de saúde específicos. Você quer garantir que você seja financeiramente capaz de lidar com contas veterinárias regularmente.

Estes importantes detalhes e fatos sobre Pugs são importantes para todos os potenciais donos de cães saberem. Embora eles não sejam os fatos mais bonitos sobre os Pugs, é apenas uma questão de saber se você será capaz de viver com eles diariamente e oferecer uma vida equilibrada para o bichinho. Antes de tomar sua decisão final para receber um Pug em sua vida, não deixe de levar em consideração todas as necessidades e requisitos essenciais para a vida de um Pug.

Você tem ou já teve um pug? Quer ter um?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)