Quem tem cachorro, especialmente os de raças de maior porte, precisa ficar atento às necessidades extras dos animais de estimação. Uma delas é levar o cão para passear com uma certa frequência, sendo que esta medida é necessária mesmo que você tenha uma casa grande e um quintal espaçoso para o seu cão. Isso se deve ao fato de que, mesmo que ele disponha de muito espaço e da presença constante de outras pessoas, o cão ainda precisa conhecer outros lugares e ter sua ideia de mundo ampliada para um ambiente maior do que apenas sua casa.

Isso influencia no nível de socialidade do cachorro, já que um cão que fica preso em casa e tem contato apenas com o mesmo grupo de pessoas tende a ser menos sociável e muitas vezes até agressivo com pessoas e situações novas: este é o tipo de cão que você nunca vai conseguir deixar na casa de algum amigo por uns dias enquanto viaja. É interessante que os passeios sejam uma rotina na vida do cão, ocorrendo pelo menos uma vez por semana. É uma ótima oportunidade para visitar os parques da cidade em um fim de semana.

Porém, para passear com seu cachorro sem que essa se torne uma atividade desagradável e cansativa é necessário que o cão esteja treinado a passear sem puxar a guia ou brigar com outros cachorros. Confira um treinamento bastante simples que pode ser aplicado em cães de todas as idades, lembrando apenas que os cachorros mais velhos podem demorar um pouco mais que os filhotes para aprenderem.

Passear com cachorro

Com pouco treinamento o passeio já fica bem mais fácil

Passear com o cachorro sem que ele puxe a guia

Primeiramente é muito importante que você sempre segure a guia com firmeza e com o braço rente ao corpo nesse período de treinamento. Comece a passear com o cachorro e adote o seguinte comportamento: quando ele caminhar por um bom tempo sem puxar a guia ou causar problemas, elogie e dê algum petisco para recompensá-lo. Quando ele puxar a guia ou causar confusão, interrompa o passeio e fique parado, sem falar nem dar atenção ao cachorro até que ele volte a afrouxar a guia. A medida que você repetir este comportamento ele vai entender qual é a maneira correta de passear e a atividade ficará muito mais simples e prazerosa.

Se você tem gatos e tem dúvida sobre os passeios destes animais, confira nosso artigo com dicas para passear com gatos.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

3 comentários para “Por que e quantas vezes levar seu cão para passear?”

  1. Siav

    Qual dia vai ser o estimacão 2012?

    Responder
  2. Maria Leonor Craveiro Cruz

    Tenho um Husky, com 9 anos, que só faz as necessidades na rua, gostava de saber quantas vezes ao dia o devo levar, a fim de que não lhe possa prejudicar a saúde, costumo lavá-lo 2 vezes, será suficiente?
    Obrigada
    Maria Cruz

    Responder
    • Equipe Estimação

      Olá Maria,

      Cada animal tem necessidades diferentes, observe seu o seu cachorro fica agitado, e se é realmente necessário leva-lo mais para fazer as necessidades na rua.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)