Muitas famílias tem se voltado para espaços menores para economizar dinheiro. Um dos membros das famílias, nossos queridos cães, acabam ficando sem muito espaço para conviver conosco. Viver em um espaço pequeno ou apartamento com um cão é possível, com um pouco de previsão e planejamento. Aqui estão algumas considerações ao ir morar em um apartamento com seu amiguinho canino.

Cachorro em apartamento pode, mas seja realista quanto ao convívio com o bichinho

Existem algumas raças e temperamentos de cães que não são bem adaptados para a vida em apartamento. Cães que tem muita energia, como um labrador ou border collie, podem realmente ficar frustrados se confinados a um pequeno espaço. Muitas vezes, a frustração de estar aprisionado e entediado se traduz em comportamentos destrutivos, tais como mastigar objetos ou simplesmente, destruí-los.

As raças especialmente grandes não caberão bem em espaços minúsculos. Dê uma olhada honesta em suas principais áreas de vida e mapeie o espaço para um canil, cama do cão, pratos de comida e brinquedos. Você pode descobrir que você vai conseguir adaptar melhor para o apartamento um cão de até médio porte do que um cão de grande porte.

Qual cão escolher para apartamento

Cães de grande porte podem até se adaptar a apartamentos, mas depende muito da raça e da rotina do dono, que vai precisar passear muito com o cão. (Foto: Goodog)

Cachorro em apartamento: legislação

Mesmo sabendo que cães não podem ser proibidos em apartamentos, nem pelo senhorio e nem pelo condomínio, o diálogo é sempre bom. Busque comunicar sobre animais de estimação que você vai levar para o apartamento. Não é legal tentar e esgueirar um cão para um apartamento sem que o proprietário e outros condôminos saibam. Converse, dialogue, e faça outros entenderem que é um direito garantido pela Constituição que você possa ter um cão em seu apartamento. Se o condomínio tiver regras proibindo cães, converse com os condôminos sobre a ilegalidade da regra antes de tomar uma atitude legal. O diálogo deve sempre ser a primeira opção.

Cachorro em apartamento: higiene e saúde

Isto é realmente importante. Se as crianças e outras pessoas estão usando as áreas comuns do condomínio, o animal precisa estar livre de parasitas e ser vacinado, a fim de prevenir doenças parasitárias e infecciosas. Além disso, no caso raro de alguém acusar seu cão de morder alguém, a vacinação será essencial para prevenir problemas. Não se esqueça de manter também seu próprio apartamento limpo, pois isso evitará que o cheiro incomode os vizinhos.

Cão em apartamento e vizinhos

Esteja consciente do fato de que muitas pessoas estarão compartilhando um pequeno espaço. Um cão que late constantemente não será recebido favoravelmente em um ambiente de apartamentos. Consulte com o seu veterinário sobre adestramento, se o seu cão late muito. Há várias formas de treinar seu cão para ser mais silencioso e incomodar menos às pessoas.

Esteja preparado para dedicar tempo todos os dias para o seu cão

Um cão que vive em um espaço pequeno sem um quintal cercado exigirá um tempo diário na coleira, provavelmente mais do que algumas vezes uma saída para fazer as necessidades e esticar as patas. Certifique-se de reservar tempo para a atividade todos os dias e reconheça que passeios de coleira serão parte de sua rotina diária, seja em um dia quente ou frio. Considere contratar um profissional para fazer esses passeios, se você é uma pessoa que não tem muito tempo disponível.

Cachorro em apartamento sozinho: socialização, antes de tudo

Apartamentos podem ser barulhos e agitados. Eles são frequentemente localizados em áreas da cidade com tráfego, bicicletas e outros animais. Não assuma que seu cão vai se sentir confortável com todas essas coisas novas. Você pode ter que apresentá-lo a essas mudanças urbanas lentamente e de forma segura e calma para o cão ficar confortável. Socializar também com os vizinhos é um outro importante passo, pois apenas deixar o cão só é sinônimo de problema.

Prepare-se para o treinamento em casa

O adestramento de um cachorro para viver em um apartamento pode ser um pouco mais desafiador, especialmente se você estiver em um complexo de apartamentos grande. Filhotes precisam sair muito frequentemente para serem treinados. Se você mora no quarto andar, isso se traduz em algumas viagens de elevador ou subidas e descidas de escada. Considere o treinamento para usar o tapete higiênico antes de tudo, até que o cão aguente mais tempo entre os usos do banheiro, ou considere a adoção de um cão mais velho que já foi treinado. O treinamento para também não avançar contra vizinhos ou outros cães é importante nesse momento.

Possuir um cão um cão em um apartamento é mais compromisso e responsabilidade do que um cão em uma casa espaçosa. No entanto, uma vez que essas necessidades são atendidas, seu companheiro de casa peludo vai ser um grande amigo pro resto da vida.

Como é pra você ter um cão em apartamento? Como você se adaptou a isso?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)