Os cães têm uma linha de defesa muito forte: os dentes. Todo cão pode morder. Se assustados o suficiente, ou quando o cão está com dor ou se sente ameaçado, ele vai morder. Isso não vai, de alguma forma, tornar seu cão um “mau” cão. Isso faz dele um cão saudável, simples assim. É sua responsabilidade, portanto, ensinar ao seu cão que os seres humanos são frágeis. Se você ensinar ao seu cão para não morder, esse treinamento vai ser carregado por ele pelo resto da vida do cão.

Como ensinar cachorro a não morder: avalie as situações que provocam as mordidas

Imagine a situação: você está saindo para passear com seu cão, quando ao sair do carro, a cauda do cão foi acidentalmente fechada na porta. Você vai tentar ajudar e o cão te morde. Não é pra você ficar surpreso com a resposta do cão. Afinal, ele teve sua cauda fechada em uma porta de carro. É claro que ele mordeu! O que deveria te chocar era que seu cão não tinha um treinamento de inibição da mordida.

“Mas ele nunca mordido antes.” Claro que não. E se não fosse pelo incidente, ele provavelmente nunca teria mordido. Mas um acidente é apenas isso. Um acidente. Imprevisível. E se algo semelhante tivesse acontecido perto de crianças?

Um cão que teve treinamento de inibição da mordida é menos provável dele causar danos graves, mesmo sob provocação grave.

Como ensinar seu cão a não morder

Cachorro pode ser treinado para não morder, mesmo em situações extremas. Seja paciente e se dedique a um treinamento de inibição de mordidas. (Foto: christensenhymas.com)

Como ensinar o cachorro a não morder o dono: estágios do treinamento

Há quatro estágios no treinamento de inibição da mordida. Os dois primeiros envolvem a diminuição da força nas mordidas. Os dois estágios seguintes envolvem a diminuição da frequência das mordidas. O treinamento deve ser feito nessa ordem: se você tentar diminuir a frequência primeiro lugar, o cão não vai aprender a suavizar a mordida.

Como a inibição de mordida funciona através da formação do comportamento de reprodução natural, este tipo de formação deve começar durante sua primeira interação espontânea com o seu cachorro e continuar em sessões de brincadeiras ou treinamento mais estruturadas enquanto ele cresce.

No treinamento de filhotes, a maioria deles vai parar de morder se você dá um grito. Então você elogia o cão e reforça o comportamento de parar de morder, continuando a brincar. Outros cães, uma minoria, quando estão cansados ou mais estimulados, podem  mudar o comportamento para algo mais violento em vez de parar. Isso requer que você prenda o cachorro ou termine a brincadeira. Remova toda a atenção que você estava dando para o cão. O treinamento de inibição de mordida não requer qualquer comportamento violento da sua parte. Basta encostar no cão no nariz, encostar na garganta do cachorrinho, ou borrifando água no cachorrinho.

Educar cachorro a não morder: primeiro estágio é reduzir a pressão da mordida

Gradualmente molde o cão a usar a boca para manipular membros humanos. Defina um limite de quão forte cão pode morder durante as sessões de brincadeiras. Se ele morder com mais força seu braço, mão, ou perna, grite. Gradualmente defina o limite para mordidas mais macias e suaves. Evolua em um ritmo que garanta que o filhote possa ser bem sucedido na maioria das vezes. Isso significa dar aperitivos e carinho quando o cão usar menos força na mordida.

Segundo estágio é ensinar o cão quando parar

Quando você dizer parar, o cão tem que parar. O mesmo vale para ensinar seu cão a soltar ou pegar. O treino tem que ser iniciado e parado em seu próprio critério.

Por exemplo, você pode criar uma regra no treino para o cão nunca poder tocar um ser humano com o focinho a menos que seja convidado. Chame a atenção do seu cão quando ele encostar o focinho em alguém, e dando prêmios com carinho e aperitivos quando ele obedecer suas ordens e respeitar os limites dados a ele.

Terceiro estágio: controle dos comportamentos que ocasionam mordidas

Coloque os comportamentos de inibição da mordida que você tem ensinado sob controle de estímulo completo. Você precisa controlar os estímulos, criando as situações em que o cão morde. Nessas situações, você tem que chamar a atenção do cãozinho quando ele começar comportamentos de mordida. Quando ele parar e obedecer, premie o cão com aperitivos e carinho.

Quarto estágio: inibir comportamentos do cão mostrando os dentes

Embora a inibição da mordida seja essencial no treinamento, você deve usar como quarto estágio do treinamento a inibição do comportamento do cão mostrando os dentes. Quando ele mostrar os dentes, dê a voz de comando para o cão e um aperitivo quando ele obedecer e parar de mostrar os dentes. Novamente, crie as situações em que o cão mostra os dentes.

Treine o cão quando ele estiver calmo

Trabalhe na inibição da mordida apenas quando o seu cachorro estiver calmo e você tem tempo para se sentar no chão e brincar com cuidado. Se o cachorro morder muito forte, grite. Se ele recuar, reforce com pequenas batidinhas no cão calmantes e mais interação. Se ele ficar muito animado e morder mais, termine a brincadeira imediatamente.

Saiba terminar a brincadeira

Para terminar a brincadeira, você deve ser capaz de se afastar do cachorro com tão pouco barulho quanto for possível. Mesmo atenção negativa é algum tipo de atenção para o cachorro. Muitas vezes é útil ter o cachorro preso, assim você pode simplesmente sair do alcance do cão. Ou brinque com ele em uma área restrita e simplesmente se levante e deixe o espaço quando ele morder muito forte.

O resto do tempo, fale bem baixinho, redirecionando o cachorro para mastigar brinquedos aceitáveis de brincar. Literalmente cerque-se com brinquedos da mastigação, para que possa colocá-los na boca do pet, um após o outro, até que ele entenda a mensagem de que você não vai deixá-lo mastigar você ou qualquer outro objetivo.

Cachorro mostrando os dentes nunca exige nada mais do que pedidos de tempo ou retirada de atenção. Trabalhe na inibição da mordida quando você pode, e em outras vezes, redirecione ou termine a brincadeira. Punições físicas são confusas, injustas e desnecessárias.

Se você não conseguir mudar o comportamento do seu cão, é bom consultar um adestrador profissional.

Você já ensinou o seu cão a parar de morder? Como foi? Quais estágios você usou para ensinar seu cão a parar de morder?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)