Macaco prego come o quê? Quanto custa?

Escrito na categoria "Animais exóticos" por André M. Coelho.

Os macacos-prego são animais enérgicos que requerem enriquecimento e um estilo de vida ativo, mas muitas vezes, quando criados por humanos, raramente recebem estímulo suficiente. Eles podem ser adoráveis ​​quando bebês, mas à medida que envelhecem, ficam entediados facilmente. Eles geralmente acabam como animais de estimação incompatíveis, tornando-os difíceis de cuidar e resultando em resgate ou eutanásia.

Informações sobre o macaco prego

Nome comum: macaco-prego

Nome científico: Cebinae

Tamanho adulto: até 4 libras/2 quilos

Expectativa de vida: uma média de 15 a 25 anos, podendo chegar até 45

Comportamento e temperamento do macaquinho prego

Capuchinhos ou macacos-prego – considerados os mais espertos dos macacos do Novo Mundo – são diurnos (ativos durante o dia), sociais e territoriais. Eles passam a maior parte de suas horas de vigília procurando por comida, urinando para marcar seu território e andando em árvores. A maioria dos proprietários de macacos-prego usa fraldas para a vida inteira do macaco e as mantém na coleira dentro e fora de casa para a segurança do macaco e do público.

Algumas organizações desencorajam o uso de primatas em serviço, tornando difícil encontrar um veterinário exótico para tratar os macacos-prego.

Macacos-prego em cativeiro são encantadores quando bebês e precisam de cuidados como um bebê humano. Os bebês de macaco-prego podem formar um vínculo estreito com sua mãe ou pai humano, podem precisar ser alimentados com mamadeira por algum tempo (se não para sempre) e precisarão ser treinados para fazer parte da família. Você pode contratar um treinador de macacos especializado, embora alguns treinadores usem métodos de treinamento questionáveis.

Alguns treinadores recomendam a remoção dos quatro dentes caninos do macaco para evitar ferimentos graves por mordidas no caminho. Essa prática é outro ponto discutível, e poucos veterinários farão o procedimento.

Quando chegam aos 5 anos, são muito mais difíceis de lidar. Um macaco entediado pode exibir agressividade, mordendo seu dono ou outra pessoa. Ele também pode tentar escapar de seu cercado ou se comportar mal – até mesmo jogar fezes. O comportamento agressivo é típico dos macacos-prego e às vezes pode ocorrer sem tendências anteriores.

Macaco prego como pet

O macaco prego não é um animal de estimação para iniciantes, sendo um animal exótico e muito difícil de criar. (Imagem: FiveThirtyEight)

Como cuidar de um macaco prego?

Na natureza, os pregos balançam de árvore em árvore, algo que a maioria dos recintos domésticos não permite. A falta de habitat natural em uma casa gera muita controvérsia em relação à manutenção desses macacos. Normalmente, não há espaço ou folhagem suficiente em um quintal médio para permitir ao primata o exercício adequado.

Dito isso, quanto maior for o gabinete, melhor. E se você decidir abrigar um prego, certifique-se de que ele tenha muitas árvores para balançar e pular, forneça uma área sombreada para se proteger dos elementos e certifique-se de que seja à prova de macacos. Até macacos saudáveis ​​e felizes são curiosos, e uma fuga é inevitável se tiver tempo e uma saída.

O que come um macaco prego?

Na natureza, os pregos comem insetos, frutas, pequenos pássaros, nozes e flores. Imitar a dieta natural deste macaco em cativeiro pode ser complicado. Uma ração para macacos formulada de alta qualidade fornece a maior parte de suas necessidades nutricionais. O amplo espaço ao ar livre permite que eles se alimentem. Complemente sua dieta com comida para bebês, frutas e vegetais (cortados no tamanho certo). Uma dieta variada mantém o macaco interessado, principalmente se você o esconde, e ele tem que procurá-lo. É melhor alimentar o macaco regularmente e duas vezes por dia.

Os capuchinhos também se dão bem com a guloseima ocasional de carne cozida (cerca de 1 colher de chá), mas nunca lhes dê comida de mesa, laticínios ou doces, pois isso não faz parte de sua dieta natural e pode causar problemas de saúde.

Problemas comuns de saúde com macacos-prego

Os macacos-prego, como outros primatas, podem transmitir certas doenças ao homem, sendo as mais notáveis ​​a hepatite e a raiva. Os macacos também são hospedeiros naturais do vírus herpes B (ou macaco B), que pode causar encefalomielite fatal em pessoas. E os macacos comumente desenvolvem infecções latentes que podem ser transmitidas às pessoas por meio de arranhões e mordidas.

Os capuchinhos podem ser infectados com doenças humanas comuns, já que seu sistema imunológico não é tão robusto quanto o nosso. Muitos capuchinhos de estimação desenvolvem diabetes devido à nutrição inadequada. Como os humanos, seu macaco de estimação deve fazer exames de sangue regulares para monitorar de perto os níveis de glicose e colesterol.

Quanto é um macaco prego? É legal possuir um?

Os macacos-prego custam uma média de 50 salários mínimos. Ao comprar um macaco-prego, você precisa encontrar um criador de boa reputação, mas mesmo isso pode ser um dilema. Os criadores de macacos-prego tiram os bebês de suas mães muito jovens. Essa prática ajuda o dono humano a formar um vínculo mais estreito, mas pode causar danos emocionais e psicológicos permanentes à mãe e ao bebê. Na natureza, os pregos costumam ficar com a mãe durante os primeiros anos de vida.

Pode ser difícil verificar se um criador ou negociante é confiável, mas leva apenas alguns minutos para confirmar se o seu criador é licenciado pelo IBAMA. Peça para ver a licença ou, se por telefone, peça o número de registro e procure a validação. Tente comprar diretamente de um criador em vez de passar por um corretor. É essencial conhecer a história e parentesco do animal. Você deve se sentir à vontade para fazer muitas perguntas sobre o animal, incluindo sua programação atual de cuidados e sua avaliação do temperamento do macaco. Além disso, peça indicações de pessoas que usaram o mesmo criador ou corretor.

Lembre-se de que o comércio ilegal de animais exóticos é uma indústria multibilionária em todo o mundo. Os golpes são abundantes online e offline e pode ser praticamente impossível recuperar o seu dinheiro.

Na prática: o macaco prego NÃO é um animal de estimação para iniciantes.

Se a posse de um macaco é algo que você realmente deseja, e você percebe que é difícil obter um macaco ou se você não pode cuidar de um macaco 24 horas por dia, você também pode adotar um macaco em uma ONG ou Fundação, financiando os cuidados para este animal.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário