O assunto que vamos tratar neste artigo é muito importante para você que tem um cãozinho que morre de medo de foguetes e trovão. Vamos ajudar vocês a entender o que se passa e como agir para amenizar este tipo de problemas. Em alguns casos, os cãezinhos chegam a perder totalmente o medo, tudo isso vai depender de sua dedicação como dono e amigo.

Instinto de proteção

A maioria dos cães que tem este medo. Sofrem disso por assimilar estes sons a um grande risco. Assim como crianças que escutam um barulho e correm para um lugar onde se sentem mais seguras, os cães também buscam estes lugares para tentar amenizar o sentimento de medo causado pelo barulho dos foguetes ou pelos trovões.

Algumas pessoas chegam a dizer que eles sentem dor de ouvido e por isso o som dos foguetes faz muito mau a eles. Especialistas afirmam que isso não passa de uma crença popular, os cães têm uma ótima audição sim, mas não tem ligação nenhum como fator dos barulhos causarem dor.

Trauma

Você deve tomar alguns cuidados para evitar um trauma mais agudo. Existem cãezinhos que começam a ter medo de qualquer outro tipo de barulho, seja ele parecido com de um trovão ou apenas ter a altura similar. Este trauma pode causar tremedeira nos animais e deixá-los sempre muito apavorados.

Muitos casos chegam a um estágio muito triste, em que o animalzinho sente medo de sombra, vozes ou o barulho do vento. Isso causa um quadro quase irreversível de trauma no cão.

Quais atitudes tomar

Primeiramente você deve entender os momentos que mais levam o seu cãozinho a ter este medo. Observe as circunstâncias e veja para que tipo de local ele tenha costume de esconder, quando está sentindo-se acuado.

Depois você deve evitar que ele passe por estarem situações. Claro que não tem como adivinhar todas as vezes que vai estourar um foguete, mas tem dias em especial que as pessoas têm o costume de soltar fogo, um grande exemplo é o dia que tem jogos de futebol.

Procure preparar um local bem seguro para seu cãozinho ficar nestes dias em especial, escolha um local bem abafado para que o som chegue mais fraco até os ouvidos deles. Em alguns casos você pode até colocar um aparelho com músicas tranqüilas, assim você vai deixar o ambiente ainda mais tranqüilo para seu animalzinho.

O que fazer se seu cão tem medo de trovão?

Como cuidar de um cão que tem medo de trovão?

Ensine-os que o som não é perigoso

Durantes os momentos que você estiver brincando com ele e acontecer um estouro de foguete, tente passar segurança para o animal. Você não deve mostrar que também se assustou com o som, em seguida comemore com ele e faça algum gesto que o deixe alegre, algo que você costuma fazer quando está brincando com ele. Naturalmente ele vai começar a sentir que aquele som não é tão perigoso quanto antes.

Outro grande aliado nesta luta é a brincadeira de presenteá-los com petiscos. Sempre que escutar o som de foguete, faça uma comemoração e estenda um petisco, com o tempo você poderá transformar aquele antigo trauma do seu cãozinho em um momento de pura descontração.

Tudo isso que passamos é válido e existem exemplos que comprovam que isso da um bom resultado, mas não pense que será da noite pro dia, tudo isso vai requerer um bom tempo e bastante paciência de seus donos.

Uma última dica e talvez a mais importante. O colo do seu dono é o local mais seguro para o animal, muitos animais não descem de lá por isso mesmo. Quando você está em um local que se sente seguro e ainda está recebendo carinho e atenção, certamente você não vai querer sair de lá tão cedo, concordam? Neste caso em especial você não deve dar colo aos animais, você vai ensiná-los que aquilo é perigoso e você vai ajudá-los a ter certeza de aquilo é um risco.

Chegamos ao fim deste artigo, esperamos ter ajudado a vocês donos de cães nesta situação. Seja mais que um dono nestes casos, seja um amigo, um irmão e com muito carinho e atenção você terá a capacidade de ajudar o seu animalzinho de estimação sair dessa.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

2 comentários para “Seu cão tem medo de foguete e trovão? Como resolver?”

  1. Henrique

    O meu cachorro tem muito medo de foguetes e trovoadas;. Nem come de tão nervoso.

    Responder
    • Equipe Estimação

      Henrique, tem alguns episódios dos seriados do Cesar Millan que ele trata cachorros com medo de barulhos. Tente assistir e com a ajuda de um veterinário, use algumas das técnicas usadas no seriado.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)