Qualquer um que já passou algum tempo na companhia de um cão sabe que, assim como as pessoas, os cães tem personalidades que são exclusivas para eles, e eles experimentam muitos sentimentos exatamente da mesma maneira que os humanos e todos os outros mamíferos.

Enquanto eles não experimentam emoções mais altas, como vergonha, despeito ou desprezo, eles tem o mesmo leque de emoções básicas que nós, como felicidade, tristeza, alívio, frustração e medo. Esses sentimentos são essenciais para ajudar os cães a aprender sobre o mundo e incentivá-los a se comportarem de certas maneiras para protegê-los ou ajudá-los. Se um cão sente medo, por exemplo, é provável que ele busque segurança contra a ameaça e ganhe uma sensação de alívio, enquanto os sentimentos positivos que eles recebem de carinho e aliciamento estimulam um bom relacionamento com os que estão ao seu redor.

É claro que seu cão não sabe como se sente, mas você pode entender melhor suas emoções observando a linguagem corporal do seu cão e se familiarizando com o básico da comunicação entre os cães. Este guia ajudará você a reconhecer os sentimentos do seu cão, o que ajudará a aprofundar seu vínculo especial.

Agora, se você quer entender mesmo o seu cão a fundo, como um profissional, a melhor maneira é procurar o treinamento. Existem cursos muito bons que lhe ensinam como entender melhor o seu cachorro. Estes cursos podem te ajudar a entender a psicologia do cão, cuidados, e mais, como o curso do Mestre Pet disponibiliza.

Vamos então entender um pouco da psicologia canina?

Psicologia canina: cachorro feliz

A felicidade é uma das emoções mais fáceis do cão, e é definitivamente uma das expressões favoritas do seu amigo peludo da família! Os olhos do seu cão são suaves e de foco suave, com a testa relaxada e os ouvidos fracos se estiverem correndo ou se movendo para frente e para trás de maneira envolvente e amigável.

Os cães não conseguem sorrir, mas alguns parecem sorrir. Seus lábios ficam soltos, a boca ligeiramente aberta e a língua provavelmente vai sair enquanto eles se arqueiam de maneira uniforme e suave.

A cauda de um cachorro é um ótimo indicador de seu humor, pois uma cauda abanada geralmente significa um cachorro feliz. Se eles estão abanando o rabo tão vigorosamente, parece que as patas traseiras estão tremendo, então isso significa que eles estão muito felizes.

Um cão feliz move-se de uma forma descontraída e fácil e encoraja-o a brincar e partilhar a sua felicidade.

Felicidade dos cães

Identifique os sinais de um cão feliz para se conectar melhor com seus bichanos. (Foto: Rover.com)

Socialização do cão: cachorro ansioso

Os olhos de um cão ansioso podem ser largos e fixos ou podem, às vezes, estreitá-los e evitar o contato visual. Você pode ver enrugamento ou tensão na testa, e as orelhas, se espetadas, serão seguradas levemente para trás, enquanto elas se movem para tentar reunir pistas sobre possíveis perigos. Se tiverem orelhas longas e oscilantes (também conhecidas como orelhas “pendentes”), elas podem ficar mais próximas da cabeça do que o normal.

Sua boca normalmente estará fechada, mas, se estiver aberta, seus lábios ficarão tensos e eles poderão lambê-los e bocejar nervosamente, mesmo que você saiba que eles não estão com fome ou cansados.

Seu corpo e cauda provavelmente ainda estão e em uma postura ligeiramente abaixadas. Cães ansiosos às vezes abanam o rabo cautelosamente, mas isso é feito como um gesto de apaziguamento e não porque são felizes. É por isso que a ansiedade pode, por vezes, passar despercebida, por isso fique atenta a eles se estiverem numa situação nova ou desafiadora.

Ansiedade no cão

Identifique a ansiedade do seu cão para evitar esse sofrimento do cão. (Foto: Animal Wellness Magazine)

Comunicação canina: cão temeroso

Se o seu cão tem medo em sua linguagem corporal, ficará bastante óbvio. Esse tipo de expressão canina pode ser muito dramático. Cães diferentes tem diferentes respostas de medo: alguns se acovardam para parecer pequenos, alguns rolam de costas para mostrar apaziguamento em um conflito social, alguns simplesmente ficam parados e outros latem alto ou rosnam defensivamente.

Seus olhos podem estar bem abertos, correndo para trás e para frente, e olhando fixamente, ou apertando os olhos, olhando de lado para qualquer objeto ou pessoa de que eles tenham medo. Seus ouvidos serão achatados contra a cabeça, e os lábios deles ficarão tensos. Eles podem lamber seus lábios ou bocejar, e sua cauda ficará imóvel, baixa ou enfiada entre as pernas. Eles geralmente estarão tão focados na ameaça que até mesmo recusam seu deleite favorito!

O principal objetivo de um cão quando ele se sente com medo é simplesmente sobreviver à ameaça percebida, de modo que sua linguagem corporal, expressões faciais e apetite só voltem ao normal quando se sentirem seguros novamente.

Cão medroso

Identifique o medo no seu cão para poder cuidar de seu bichinho. (Foto: Cuteness)

Psicologia canina: cão frustrado

Os cães podem sentir diferentes tipos de frustração, desde deprimidos de longo prazo, até uma frustração mais ativa e imediata, geralmente em resposta a um evento específico (como não receber algo que eles querem). Eles também podem se sentir frustrados se não conseguirem se afastar de algo desagradável.

Quando se trata de linguagem corporal do cão, um cão frustrado é geralmente tenso e de pernas duras. Eles podem latir ou atacar o objeto de sua frustração, ou tentar fugir dela. Eles estarão totalmente focados na fonte e provavelmente não ouvirão ou responderão a nenhuma de suas tentativas de distraí-los.

Seus olhos serão amplos e sem piscar, os ouvidos esticados e, se não estiverem latindo, seus lábios ficarão duros.

Este é um estado muito tenso e os cães não podem mantê-lo para sempre, então eles podem eventualmente se resignar à situação frustrante, embora às vezes eles possam acabar se tornando deprimidos. Isso pode ser mal interpretado como uma aceitação calma, para que seu cão precise de muita atenção cuidadosa e amorosa para ajudá-los a relaxar depois de se sentirem frustrados, antes de se comportarem normalmente de novo.

Comunicação canina: cão aliviado

O alívio é bastante perceptível porque geralmente segue um estado emocional previamente tenso e negativo. É importante saber quando seu cão se sente frustrado, ansioso ou com medo, mas é importante saber quando ele está se sentindo aliviado e relaxado novamente.

Assim como os humanos, os cães experimentam alívio quando resolvem preocupações ou dificuldades. Você poderá ver a liberação de tensão por todo o corpo, do nariz até a cauda. Seus olhos vão suavizar, a cabeça abaixará, os músculos do corpo e do rosto relaxarão e eles se acalmarão visivelmente.

Alguns cães bocejam, enquanto personagens mais reservados vão cair de cabeça, evitam contato visual e quase parecem suspirar interiormente. Personalidades mais extrovertidas podem se abalar, esticar-se em um profundo arco de jogo ou até mesmo carregar em um estado eufórico e todas essas ações ajudam a liberar sua tensão.

Comportamento canino: cão focado

Se o seu cão estiver focado, ele estará alerta e concentrado em algo importante, como uma bola, um presente ou até mesmo você. Um cão deve estar assistindo, ouvindo e pronto para trabalhar para ganhar suas recompensas.

Quando seu cão está alerta, seus olhos estão abertos, brilhantes e talvez sem piscar e um pouco intensos à medida que se concentram no objeto de sua atenção. Suas orelhas serão espetadas ou mantidas para a frente, e sua boca pode estar fechada, ou aberta com a língua mantida imóvel e centralmente. Normalmente, a cabeça deles será mantida alta, a menos que eles estejam prestes a decolar atrás de alguma coisa, e nesse caso ela pode ser abaixada e estendida para frente.

Se eles estão focados em algo agradável ou agradável, todo o seu corpo pode se esforçar em direção a ele, tremendo de antecipação e pronto para a ação.

Cão focado

Veja como um cão fica quando está focado e entenda melhor seu bichinho. (Foto: Smart Dog Training & Behavior)

Psicologia canina: cachorro bravo

Pise com cuidado se você suspeitar que seu cão esteja sentindo essa emoção, especialmente até que a ameaça desapareça.

Um cão raivoso tentará parecer tão grande e ameaçador quanto possível, com um corpo rígido e ereto, olhos duros e sem piscar e orelhas achatadas. É comum que a pele também fique em pé.

Sua boca ficará aberta e seus lábios ficarão tensos e puxados para trás, com o focinho e o nariz enrugados ao lhes mostrarem os dentes. O peso deles estará à frente das pernas dianteiras, prontas para atacar ou atacar, e eles ficarão em silêncio ou talvez fazendo um grunhido ameaçador baixo e um cachorro realmente zangado geralmente não grita sobre isso.

Evite provocar seu cachorro se ele estiver com raiva. Não olhe ou grite com eles ou faça movimentos repentinos, mas dê-lhes tempo e espaço para se acalmarem.

Identificando raiva em cães

Cuidado com a raiva de um cão para evitar problemas. (Foto: ladysmithgazette.co.za)

Comportamento dos cães: cachorro neutro

É assim que o seu cão passará a maior parte do dia: relaxado, bem exercitado, bem alimentado e confortável num ambiente familiar. Se eles estiverem deitados, estarão relaxados e quietos, mas prontos para se animar e se interessar pelo que você está fazendo.

Seus olhos são suaves e relaxados, movendo-se suavemente e sem partes brancas enquanto escaneiam seus arredores a partir de seu confortável local de descanso. Suas orelhas também estão relaxadas enquanto escutam casualmente seu ambiente, e sua testa e sobrancelhas são lisas e livres de tensão. Sua boca pode estar fechada ou ligeiramente aberta e, embora não mostrem seu sorriso parcial “pronto para diversão”, seus lábios e focinho ficarão relaxados. Eles estão perfeitamente contentes.

Como vocês buscam entender melhor o comportamento de seus cães? Quais dicas dariam para quem quer entender melhor o cachorro?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)