Intoxicação animal por produtos de limpeza! O que fazer?

Escrito na categoria "Cães, cachorros e caninos" por André M. Coelho.

Nosso site preparou um artigo para alertar os donos de animais de estimação sobre os inúmeros riscos de uma intoxicação por produtos de limpezas. Este tipo de intoxicação é muito comum e a razão principal está no fácil acesso dos animais aos produtos. Conheço muita gente que deixa os cães dormir em áreas de serviços ou frequentá-la naturalmente.

Como os materiais de limpeza ficam sempre jogados nestes lugares sem acomodações próprias. O risco de acontecer um acidente é enorme e os donos raramente têm esta visão até realmente algo acontecer.

O que fazer?

Muitas vezes as pessoas em uma atitude desesperada cometem erros terríveis e pioram a situação que já não era nada simples. Você jamais deve estimular o vômito do animal após a ingestão de um produto tóxico.

Quando estes produtos são engolidos, eles causam grandes estragos à parede do esôfago e se estimulado o vômito, o produto vai voltar e lesionar ainda mais a região.

Você deve agir com inteligência, leve o seu animal rapidamente para um veterinário para que seja feita uma lavagem gástrica por meio de sondas para aspirar aos produtos diretamente do estômago, esta é maneira mais correta e segura.

Outro ponto importante é que você saiba dizer para o veterinário qual foi o produto ingerido pelo animal, desta forma ele saberá qual a melhor forma de tratar e medicar o seu animal de estimação.

Outro erro comum é dar leite para o animal, você deve comprar um carvão ativado e deixar em casa para utilizar neste tipo de urgência. Ele age protegendo um pouco e diminuindo a absorção do produto pelo organismo. Não pense que dando este remédio você resolveu o problema, isso é apenas um alívio momentâneo até que você possa chegar ao veterinário e descobrir o real estrago.

Como tratar os animais com intoxicação por produtos de limpeza?

Como ajudar os animais com intoxicação por produtos de limpeza?

Tratamento

Durante o tratamento feito pelo profissional será aplicado um antídoto, se existir, além de soro na veia para auxiliar na metabolização e também na eliminação do produto absorvido. Certamente ele vai aplicar medicações protetoras para o fígado e fazer uma monitoração em terapia intensiva durante pelo menos 24 horas.

Prevenção

Sinceramente a prevenção é muito simples, basta que você mantenha os produtos sempre em locais fechados ou onde os animais não tenham acesso.

Outra atitude preventiva é fazer uma limpeza do chão com água corrente, este atitude pode evitar que os animais lambam os restos de resíduos de produtos que possam ficar no chão após a limpeza do local.

Chegamos ao final deste artigo e gostaríamos de saber se ainda restou alguma dúvida sobre este assunto. Deixe-nos um comentário com sua dúvida ou até mesmo com seu depoimento, caso já tenha passado por este problema.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário