O artigo de hoje é muito importante é quer alertar sobre o excesso de cuidado dos donos de cães e gatos. É muito natural e admirável que os donos busquem sempre deixar os seus pets felizes, confortáveis, sadios e limpos não é mesmo?

Exatamente desta preocupação que vamos falar neste artigo, entenda os limites e descubra quando os cuidados demais fazem mal para os animais. O mercado de produtos para pets cresce descontroladamente e hoje em dia é possível encontrar uma infinidade de produtos de higiene e estética, os donos acabam agindo por impulso e não pensam na segurança e saúde dos animais.

Banhos em excesso podem fazer muito mal à saúde de cães e gatos. Muitos donos de animais tratam os bichinhos como seres humanos. Em alguns pontos é muito positivo, mas em outros é extremamente negativo.

As necessidades higiênicas dos animais são bem diferentes das nossas, os donos que gostam de dar banhos diários ou em curto prazo de dias, certamente vai dar chances para o surgimento de graves problemas pra saúde do seu pet. A médica veterinária Drª Ana Flávia Ferreira afirma que os banhos em excesso aumentam a possibilidade de o animal contrair alergias e outras doenças.

Quantos banhos por mês o cão deve tomar?

Porque não dar muito banho em cachorro?

Isso acontece porque os animais não têm a capacidade de transpirar como os humanos. Os cães e gatos têm uma espécie de gordura protetora natural, ela forma uma película contra bactérias e outros micro-organismos no pelo.

Quando os donos dão vários banhos nos seus animais, o xampu e o sabão retiram essa barreira protetora, deixando os animais totalmente expostos a várias doenças em especial, as doenças de pele.

Quantos Banhos dar ao mês?

Esta definição é algo relativo, se o seu animal não costuma se sujar demais e vive em ambientes limpos, um banho a cada 15 dias é mais do que suficiente, no caso dos gatos o ideal é apenas um banho por mês. Confira como agir em cada caso e quais os melhores momentos para dar este banho.

Filhotes de cães e gatos

  • Aqueles que não foram vacinados devem evitar os banhos em pet shops. O primeiro banho deve ser dado em casa e depois do segundo mês de vida.
  • Utilize sempre água morna e sabonete ou xampu especial para filhotes.
  • O melhor horário para dar este banho é entre 11h e 15h. A secagem deve ser feita com a ajuda de um secador.
  • Os banhos em pet shops devem acontecer apenas depois de completar o esquema de vacinação e vermifugação.

Cães com pelos curtos

  • Estes animais devem receber um banho a cada 15 dias no verão e a cada 30 dias durante o inverno.

Cães com pelos longos

  • Os cachorros com pelos longos precisam de uma escovação diária e devem tomar banho semanal durante o verão e a cada 15 dias durante o inverno. É necessário o uso de secador para ajudar na secagem e evitar que o pelo fique muito úmido.

Gatos

Quantos banhos por mês o gato deve tomar?

Porque não dar muitos banhos em gato?

  • Você pode seguir o mesmo esquema de banho a cada 15 ou 30 dias. A maior preocupação com a higiene do gato fica por conta da escovação, ela deve ser feita toda semana.

Outros cuidados

O momento do banho é algo muito importante e você deve visar a melhor forma de dar banho. É recomendado que você coloque em dia a higiene de áreas como os ouvidos. Você deve evitar o acúmulo de cera e também não molhe dentro dos ouvidos.

Escovar os dentes é importante e muita gente não dá muita atenção para este ponto. Você deve utilizar uma escova dental comum e creme dental próprio para animais. Esta escovação deve ser feita uma vez por semana.

Atualmente você encontra no mercado produtos conhecidos como “banho seco”. Este banho é feito com a utilização de um pano, use este pano para fazer uma limpeza superficial do pelo do animal.

O banho dado com este pano vai deixar o animal com um odor muito agradável e evita os banhos com água fora do período certo. Existem produtos de banho seco destinados especialmente para os filhotes.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)