Quando os cães estão colocando suas línguas para fora, raramente paramos para pensar os motivos disso acontecer. Mas há várias razões para seu cão estar mostrando a língua. Arfar e sentir gostos no ar são os motivos mais comuns. Porém, o cachorro com a língua de fora pode ter um problema de saúde, como a síndrome da língua pendurada, câncer oral, tumores, ou uma doença dentária grave.

Cachorro com a língua de fora: por eles fazem isso?

A língua do seu amigo peludo é um órgão bastante interessante que desempenha muitas funções importantes para ele. Não só puxa comida e água para a boca como também “cheira” para ele e investiga o seu entorno. Aqui estão alguns dos motivos pelos quais o seu cão pode estar mostrando sua língua.

Arfar

O arfar é um mecanismo de resfriamento usado por seu animal de estimação. É definido como respirações rápidas e superficiais que aceleram a evaporação da água da língua, dentro da boca e do trato respiratório superior. A evaporação da água ajuda na capacidade do seu cão para regular a própria temperatura.

Síndrome da língua pendurada

Esta é uma condição que é genética em algumas raças com o rosto “afundado” e que faz com que suas cavidades bucais sejam muito pequenas para acomodar a língua. A língua também fica suspensa devido a uma mandíbula anormal que não suporta a língua ou devido a dentes faltantes que criam uma lacuna através da qual a língua pode escorregar.

Cachorro e língua pra fora

Cachorros colocam a língua para fora por uma série de motivos, e alguns deles podem ser sinais de problemas na saúde do cão. (Foto: Tail and Fur)

Provar o ar

Isso é semelhante à resposta de Flehmen que é exibida em outros mamíferos. Isso envolve o uso da língua para “provar o ar” em uma resposta a um cheiro. Outros mamíferos irão enrolar os lábios e levantar a cabeça ao executar esta ação.

Câncer, tumores e outras massas

A língua é alvo principal para tumores bucais, a maioria dos quais são malignos. A língua também pode ter pequenas protuberâncias ou verrugas que são chamadas de papilomatose, sendo causadas pelo vírus do papiloma que geralmente não são malignas.

Doença dental severa

A inflamação da língua, a inflamação das gengivas, a inflamação dos lábios na boca macia, e inflamação dos lábios podem causar a saída da língua. Outras inflamações da boca e da língua podem incluir: ingestão de corpo estranho, exposição a plantas tóxicas ou produtos químicos, infecções bacterianas ou virais, doenças autoimunes, doenças metabólicas e distúrbios nutricionais.

O que fazer se o seu cachorro botar a língua pra fora?

Se o seu cão está ofegante e sua língua está saindo, isso é normal. No entanto, se o ofegante feito pelo seu animal de estimação parece excessivo e não há uma razão justificável para isso, então um exame deve ser feito. Você pode examinar a boca do seu cão em um grau limitado em casa, mas seu profissional veterinário pode fazer um exame muito mais completo.

Um exame pelo seu veterinário é especialmente importante se você observar quaisquer crescimentos ou massas dentro da boca do seu animal de estimação, ou se você observar os dentes perdidos ou as gengivas vermelhas e inflamadas. Estas condições terão de ser tratadas o mais cedo possível, de forma adequada, de acordo com as condições e o diagnóstico encontrados pelo seu veterinário.

Seu veterinário tratará infecções com medicamentos apropriados e distúrbios metabólicos e autoimunes e distúrbios nutricionais com medicamentos, suplementos e regimes alimentares que ele considere apropriados para a condição encontrada em seu animal de estimação. Câncer, papilomatose e outras massas serão tratados de acordo com as recomendações médicas conforme necessário.

Prevenção dos problemas de cachorros com a língua para fora

Realmente não há coisas que você possa fazer se o motivo pelo qual seu animal de estimação coloca a língua pra fora for genético. No entanto, se a causa é ofegar, você pode ajustar o regime de exercícios e brincadeiras do seu animal de estimação para permitir um descanso suficiente e temperaturas apropriadas para evitar que ele se aqueça demais. Se a causa é doença dentária em qualquer estágio, obter a saúde bucal de seu animal de estimação tratada e mantida é o passo que é necessário para evitar que seu cão tire sua língua dessa inflamação. Ser mais atento de onde seu animal de estimação se exercita e tentar controlar o que ele come ou investiga pode prevenir a inflamação de plantas tóxicas e produtos químicos.

A prevenção de tumores cancerosos e a papilomatose não é algo sobre o qual você tem controle, mas, ao acompanhar seus exames veterinários regulares e rotineiros, ajudará a identificar quaisquer lesões suspeitas na boca do seu cão. Os exames em casa também ajudarão a pegar essas massas e condições antes para um tratamento mais agressivo e adequado no início do processo.

Você tem um cão que deixa a língua para fora? Qual o motivo? Já buscou o tratamento adequado?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)