Lulu da Pomerânia: cores, preço, e mais sobre a raça!

Escrito na categoria "Cães, cachorros e caninos" por André M. Coelho.

Os lulus da Pomerânia são mais do que apenas bolas de pelo adoráveis. Eles existem há séculos e inspiraram muitos artistas a criar obras-primas em seu nome. Antes do lulu da pomerânia se tornar uma musa artística, no entanto, eles ainda estão tentando descobrir a vida como um filhote de cachorro. Filhotes de cachorro da Pomerânia pesam apenas alguns gramas e cabem na palma da sua mão.

Cachorro lulu da Pomerânia: história

Ao longo do primeiro ano, os pomeranos crescem rapidamente até se tornarem pequenos leões em miniatura, cheios de afeição e diversão divertida. Eles são uma versão miniaturizada dos cães Spitz que estão intimamente relacionados com husky e malamutes, diretamente do ártico. Depois que eles foram criados para seu tamanho menor, eles foram nomeados “Pomeranos” da região da Pomerânia, agora parte da Alemanha Ocidental e da Polônia.

Pomeranos têm raízes no sangue real. Em férias no final de 1800, a rainha Victoria estava tão encantada com esses filhotes fofos, que ela trouxe algumas de volta com ela. Ela começou a criar e apresentá-los em shows. A Rainha Vitória venceu várias competições devido à agilidade da Pomerânia e à apresentabilidade intocada. Pode ter ajudado que ela era a rainha também.

Músicos clássicos como Mozart e Chopin dedicaram canções aos pomeranos e o famoso artista Michelangelo teve um lulu da pomerânia e amigo fiel. Você pode ver que os pomeranos são mais do que apenas cães de brinquedo: eles são realmente fabulosos. Eles também são brilhantes, opinativos e resolutos.

Lulu da Pomerânia: características e cores

Com um rosto cheio de expressão, os pomeranos são cães pequenos e compactos com um casaco de pele grosso. Sua pelagem é dupla, com um subpêlo curto e uma pelagem externa mais comprida. Eles também têm uma cauda reconhecível específica para a raça.

Mais notavelmente, existem 23 cores de peles da Pomerânia reconhecidas pelos criadores. Essa ampla variedade de raças significa que cada um é destinado a ser um pouco único, embora a maioria tenha um tom laranja-avermelhado.

Tamanho do lulu da Pomerânia: pequeno

Altura do lulu da Pomerânia: atinge 6 a 7 polegadas ou 15 a 18 cm

Peso do lulu da Pomerânia: varia entre 3 a 7 libras e 1,5 a 3,5 kg.

Criado para: companheiro

Pelo do lulu da Pomerânia: comprimento médio, casaco duplo e reto, todas as cores e padrões são permitidos.

Necessidades de cuidados estéticos geral: moderado

Características especiais: orelhas verticais (naturalmente)

Requisitos de exercício para o lulu da Pomerânia: <20 minutos / dia

Nível de energia: muito energético

Faixa de longevidade: 12 a 16 anos.

Tendência a babar: baixa

Tendência a ronco: baixo

Tendência a latir: alta

Tendência a cavar: baixo

Necessidades sociais e de atenção: baixo

Lulu da Pomerânia e as cores

O lulu da Pomerânia tem várias cores e uma personalidade cativante para conquistar as pessoas. (Imagem: All Things Dogs)

Filhote de Lulu da Pomerânia: temperamento e cuidados

Com uma grande personalidade canina, os pomeranos são altamente inteligentes e conscientes de tudo que acontece ao seu redor. Devido ao seu tamanho, eles são felizes por serem filhotes de interior e por amor à companhia. Embora pequenos, os pomeranos tendem a andar com uma postura confiante e orgulhosa. Qualquer um pode ver que eles são gigantes, no lado de dentro.

Como filhotes, os pomeranos precisam apenas de um banho e escovação mínimos. À medida que amadurecem, no entanto, sua pelagem precisa de atenção. Além de escovar os cães regularmente para evitar que os cabelos escorram, recomenda-se ir regularmente a um profissional para cortar unhas, limpar as orelhas e cortar a pele. O clássico ursinho de pelúcia é uma opção fofa para um Pom.

Os seguintes exames são recomendados: avaliação da patela, exame cardíaco e avaliação oftalmológica.

Lulu da Pomerânia: adestramento e exercícios

Filhotes de cachorro da Pomerânia devem ser treinados cedo e, muitas vezes em andar com uma coleira. Devido ao seu pequeno tamanho, eles são os principais alvos de cães maiores ou até mesmo de predadores de aves. Eles também devem ser ensinados a vir quando chamados.

Igualmente importante é treinar seu lulu para parar de pular. As suas articulações ficam tensas quando saltam, por isso considere a possibilidade de subir escadas para cães que vão até ao sofá ou à cama se forem bem-vindos lá em cima.

Por fim, o treinamento em casa é importante. Se o seu lulu for principalmente um cão de interior, certifique-se que eles sabem as regras do banheiro da casa.

Pomeranos geralmente gostam de ser cães de colo, mas precisam de muitas oportunidades para correr e brincar. Como todos os cães, a socialização precoce é importante para um filhote de cachorro da Pomerânia, mas, devido ao seu pequeno tamanho, certifique-se de que eles estejam se relacionando com cães menores.

Lulu da Pomerânia

O Lulu da Pomerânia é um cachorro muito fofo e ótimo para espaços pequenos. (Foto: Free Dog Listings)

Lulu da Pomerânia: saúde

O lulu da Pomerânia é tipicamente uma raça muito saudável e longa de cães. No entanto, embora tenham relativamente poucos problemas de bem-estar, eles têm alguns problemas comuns de saúde, semelhantes a todas as raças de cães.

Uma das questões mais comuns de saúde com os pomeranianos é a obesidade. Por causa de seu pequeno tamanho, eles não precisam de muita comida, então é fácil superar eles. Como dono de um Pomeranian, é importante estar ciente dos tamanhos de porção para a comida do seu animal de estimação, a fim de evitar a obesidade.

Pomeranianos também têm uma boca muito pequena em relação aos dentes, o que pode resultar em superlotação. Isso pode causar vários dentes e problemas de goma, como o acúmulo de tártaro ou placas, quando os alimentos são presos entre os dentes.

Se a placa não for removida, seu animal de estimação pode obter gengivite ou outra doença de goma, que pode levar à perda prematura do dente. Por isso, é muito importante manter os dentes do Pomeranian limpar, escovando-os regularmente.

Além de escovar os dentes, você pode ajudar a manter a boca do seu cão limpa, dando-lhe biscoitos dentários ou brinquedos de mastigação dental. Além disso, alimentando seu cão uma dieta saudável irá ajudá-lo a manter uma boca saudável. A comida seca é melhor para os dentes do seu cão do que as opções enlatadas ou úmidas. Além disso, evite alimentos e alimentos de baixa qualidade que têm muita amido ou açúcar.

Hipoglicemia

A hipoglicemia ocorre quando os níveis de açúcar no sangue diminuem de repente. Isso pode ser muito perigoso para cães, até às vezes fatais. A condição mais comumente acontece com filhotes com menos de 3 meses ou pequenas raças de cães. Os sinais podem aparecer rapidamente e incluir fraqueza, perda de apetite, falta de coordenação, tremor, contração muscular ou convulsões. Os proprietários de lulus da Pomerânia devem manter o mel em sua casa e dar-lhe ao seu animal imediatamente após perceber sintomas de hipoglicemia. Seu cão deve então ser levado para um veterinário imediatamente para o tratamento profissional.

Perda de pelos

Uma condição de perda de pelos, às vezes referida como síndrome de perda de cabelo grave (SHLs), pode afetar os lulus da Pomerânia. SHLs ocorre principalmente em raças masculinas e muitas vezes surgem mais tarde na vida de um cão. Seu animal de estimação pode começar com um casaco normal e saudável que lentamente afinou com o tempo. O desbaste normalmente começa na parte de trás das coxas e subirá as costas. É uma boa ideia se familiarizar com os sintomas de perda de pelos em lulus da Pomerânia, como a detecção precoce é um fator importante para a prevenção e recuperação adequada.

Cataratas

Cataratas caninas são um dos problemas mais comuns que afetam os olhos dos cães. Cães de brinquedo, incluindo lulus da Pomerânia, são mais propensos a esse problema de saúde do que raças maiores. Existem muitas formas diferentes de cataratas caninas que podem se desenvolver por uma variedade de razões e aparecem em qualquer idade. Os sintomas incluem uma mudança na cor dos olhos (às vezes cinza ou branca), batendo em paredes devido à visão turva, ou inchaço ou vermelhidão dos olhos. Se você suspeitar que seu lulu da Pomerânia tem catarata, um veterinário será capaz de diagnosticar-o realizando um exame ocular. Muitas cataratas podem ser removidas cirurgicamente, mas a detecção precoce é vital. Se não for tratado, pode levar à cegueira.

Luxação de patela

A luxação da patela é uma questão de saúde comum em lulus da Pomerânia que afeta a articulação do joelho. Essa condição pode ocorrer devido a uma malformação do osso ou de uma lesão quando a tecla queeca desliza fora do lugar. Os lulus da Pomerânia podem esporadicamente mostram sintomas de luxação de patela, tipicamente sob a forma de dor aguda em seus bonés de joelho. Os proprietários podem perceber que seu cão late em voz alta, mas parece ficar bom depois. Depois de vários dias, o inchaço pode se desenvolver, o que muitas vezes leva ao desconforto contínuo. Sem tratamento, esta questão de saúde geralmente piorará. Em casos moderados a graves, a cirurgia pode precisar ser realizada para obter a rótula de volta no lugar.

Colapso traqueal

Uma traqueia que entra em colapso é uma questão de saúde comum com lulus da Pomerânia. A traqueia é suportada por anéis que são feitos de cartilagem. Com raças de cachorrinhos pequenas, a cartilagem é mais propensa a lesão. Enquanto a condição pode estar relacionada à genética, é evitável em alguns casos. Sinais de colapso traqueal incluem um ruído de buzina único, tosse, chiado ou dificuldade em respirar. Leve seu lulu da Pomerânia para o veterinário se você suspeitar que ele tem um colapso traqueal. Em casos muito sérios quando os pomeranianos não respondem a outro tratamento, a cirurgia é realizada para estabilizar a trabra.

Prevenção de problemas de saúde dos lulus da Pomerânia

As seguintes sete ações preventivas podem ajudá-lo a manter seu lulu da Pomerânia feliz e saudável.

Escolha a comida do seu animal de estimação com cuidado. Alimente seu Pomeranian o melhor alimento de qualidade possível para todas as suas refeições e ler os rótulos com cuidado. Evite produtos químicos ou aditivos que podem causar reações na pele, inflamação ou problemas gastrointestinais.

Nariz

Tome nota de descarga anormal vinda do nariz do seu lulu da Pomerânia. É comum que todos os cães tenham uma ligeira descarga nasal, mas esteja ciente se o sintoma se tornar excessivo.

Pele

As condições da pele, como nariz seca ou ligeira peeling, podem ser um sinal de uma doença mais grave ou apenas uma condição temporária. No entanto, rachaduras profundas ou rachaduras com fluido devem ser verificadas por um veterinário.

Ouvidos

A pele vermelha ou irritada no interior da aba da orelha do seu cão, cera grossa ou descarga são sinais claros de uma condição de ouvido. Isso pode indicar que ele tem pulgas, alergias ou outro problema de saúde.

Respiração

A respiração anormal pode ser um sinal de doença nos lulus da Pomerânia. Os problemas de respiração se tornam mais comuns como a idade dos cães, por isso é importante prestar atenção aos seus padrões e hábitos, a fim de identificar um problema antes de avançar muito longe. Qualquer chiado, engasgos, tosse ou outras anormalidades respiratórias devem ser relatados a um veterinário.

Preço d

Lulu da Pomerânia filhote

Que tal ter uma bolinha de pelos como essa em sua casa? (Imagem: YouTube)

o lulu da Pomerânia e onde comprar

O valor médio de um lulu da Pomerânia que tem um bom pedigree, saúde, e uma criação responsável, é de 8 salários mínimos. Em algumas regiões é possível encontrar lulus da Pomerânia com valores um pouco mais baixos, de cerca de 5 salários mínimos. Porém, recomendamos muito a pesquisa para não ter problemas com a escolha do criador.

A escolha de adotar ou passar por um criador para o seu novo filhote de cachorro da Pomerânia é uma escolha pessoal que requer pesquisa. Felizmente, existem muitos recursos disponíveis para ajudá-lo a encontrar um resgate ou criador que ofereça filhotes da Pomerânia saudáveis ​​e de origem ética.

Saber em que você está quando você recebe um filhote de cachorro da Pomerânia é um passo importante para ser um dono de animal responsável. Quer você encontre um criador responsável ou esteja planejando adotar, cabe a você estar preparado para uma adição energética e amigável à sua casa.

Pode ser surpreendente saber, mas é possível adotar um filhote de cachorro da Pomerânia. A maioria dos resgates relatam que a maioria de seus cães de resgate vem da rendição do dono individual, com as razões mais comuns sendo uma mudança no estilo de vida ou a raça não sendo uma boa opção para eles. Isso significa que pode haver muitos cães e filhotes por aí que estão procurando por um novo lar para sempre. Encontrar um resgate da Pomerânia pode ser tão simples quanto pesquisar na internet.

Para encontrar o preço em um criador de lulu da Pomerânia, o primeiro passo é fazer sua pesquisa. Infelizmente, existem muitos criadores exploradores posando como criadores respeitáveis, juntamente com muitos golpes online. Esteja atento e alcance diferentes fóruns online para conversas sobre como obter seu futuro membro da família.

Certifique-se de fazer perguntas, tomar providências para encontrar os pais ou a mãe e seguir seu intestino. Se algo parece errado em um criador que você visita, ou se o filhote de cachorro da Pomerânia parece bom demais para ser verdade, é provável que algo esteja acontecendo. Associações de criadores de cães também oferece recursos para encontrar um criador, com orientações bastante rígidas sobre quem eles deixam participar.

Depois de encontrar o filhote de cachorro da Pomerânia certo, é hora de preparar sua casa! E nosso blog tem as mais diversas informações para te ajudar a preparar seu lar para o seu amigo peludo.

O que acham do lulu da Pomerânia? Você gostaria de ter um?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário