O treinamento de um cão é um processo de persistência, paciência, repetição e muito conhecimento. É importante entender como trabalhar seu cão para que ele possa ter um bom adestramento, e sabendo algumas das coisas mais importantes sobre o adestramento vai tornar a experiência muito mais agradável e eficiente.

Adestrar cachorro é 8 ou 80

Ou um cão é treinado ou não é, o que significa que você pode confiar nele ou não. Existem vários métodos populares de treinamento, e pelo menos um deles vai se adaptar melhor a personalidade do seu cão e ao seu estilo pessoal. Quanto mais cedo e mais persistente você for, melhor será.

Adestrando cães tem como fator principal o treinador

O treinador é o líder que precisa saber o suficiente sobre os cães e ser capaz de ensiná-los boas maneiras. O treinador precisa ser capaz de mostrar o que o cão deve fazer e dar ao cão razões para fazê-lo. Não basta ter a técnica, o adestrador tem que exercer um bom trabalho para garantir o melhor desempenho.

Persistência é a chave do treinamento do cão

Elogie seu cão não só por ter sucesso, mas também por tentar. A aprendizagem pode ser difícil e estressante para ambas as partes. Pense no seu cão como um alienígena que não fala a língua, mas precisa entender e aprender as regras do treinamento para ser bem sucedido.

Fazer adestramento de cães nunca termina

O treinamento do cão não é uma aula única que você frequenta com o seu cão uma vez. O treinamento não tem fim. Você ensina, depois pratica, depois pratica um pouco mais e depois se adapta a novas circunstâncias e desafios. Você molda novos comportamentos e integra os antigos em sua vida cotidiana.

Ser positivo e usar recompensas irá levá-lo além

Ter a atitude certa e usar as recompensas, incluindo mimos e elogios, é essencial para o processo de treinamento. Se tudo que você faz é dizer “não”, você não vai longe. Elogios dão pistas e não custam nada, então use muito. Associe sempre os elogios com sons e carinhos, e você vai ir longe.

Treinamento de cães

Treine seu cão para aproveitar melhor a companhia de seu amigo de quatro patas, mas saiba bem o que esperar de um treinamento. (Foto: Dogtime)

Consistência é fundamental, especialmente no começo

Quando seu cão aprende um novo comando e prova o conhecimento regularmente, use o mesmo comando sempre da mesma maneira. Não altere o comando. O exemplo mais comum de inconsistência é usar “sentar” e “senta” alternadamente, especialmente quando você usa “abaixar” como um comando separado.

Você pode treinar seu cachorro sozinho e não precisa ser caro

Tudo o que você precisa é de um bom livro ou dois, uma coleira, um colarinho e algumas guloseimas. Há vários grandes livros de treinadores profissionais que podem te ensinar as principais dicas para treinar um cão. É um processo divertido, e vai proporcionar muitas horas de diversão com seu cão.

Você não pode ensinar a um cão sem ter a atenção dele

Uma das melhores maneiras de se certificar de que seu treinamento transcorre sem problemas é ensinar o cão a dar-lhe contato visual no comando. O contato visual é uma das ferramentas de comunicação mais importantes para caninos e o domínio do contato visual estabelece as bases para um treinamento bem-sucedido.

Ensine seu cão uma palavra de liberação

A palavra de lançamento permitirá que seu cão saiba quando acabou o comando. Alguns dos comandos de lançamento mais populares são “ok” e “relaxe”. Faça o treino para esses comandos para evitar que seu cão fique teimoso, e acabe desobecendo suas ordens quando for hora de parar com o comando anterior.

Não use a palavra “não”

A palavra “não” é muito usada em treinamento. É muito melhor usar a frase “cachorro mau”. Além disso, use o colarinho, a guia, o corpo e a voz para manter o controle durante o treinamento. São técnicas mais eficientes que que trarão mais resultados para o treinamento.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)