Treinar o seu cão para aceitar comandos é muito útil. Isso permite que o seu cão exiba boas maneiras quando as pessoas vem para visitar, enquanto você está jantando, e muito mais. Tal como acontece com a maioria dos comandos de obediência, ensinar um cão exige muita paciência, tempo e repetições contínuas, especialmente com cães menores e hiperativos. Sempre use métodos de reforço positivo quando você está ensinando seu cão, e tente transformar as lições em um jogo divertido para que seu cão queira sempre participar. Vale lembrar também que cachorros mais velhos podem exigir mais paciência e repetições do que cães mais novos. Um passo a passo para qualquer treinamento pode ser bem útil, seja qual caso for, para o melhor treinamento.

Como adestrar um cachorro passo a passo: o equipamento

Você vai precisar de uma sala tranquila com algumas distrações, mas muito espaço para se mover, petiscos, o cão, e algum tipo de clique sonoro (vários pet shops vendem esse aparelho de treinamento.

Primeiro passo: ensinando o cão a sentar

Ensinar o seu cão a outros comandos é mais fácil se o seu cão já sabe como se sentar. Pode não parecer, mas é um dos comandos mais complexos para se ensinar a um cão, e que vai exigir total atenção e orientação ao bichinho para a ação. Dessa forma, você garante que o cãozinho irá seguir às instruções para outros comandos com mais facilidade.

Para ensinar um cão a sentar:

  1. Obtenha a atenção do cão com um petisco, combinado com o som do clique.
  2. Em tom de conversa com o cão, dê o comando “senta” ao bichinho. Seja firme, mas não agressivo.
  3. Para ajudar o cão a entender o comando, gentilmente baixe a parte traseira do cão até ele se sentar.  Quando estiver nessa posição, elogie o cão “Muito bom, senta garoto”.
  4. Cada vez que o cão sentar-se, dê um petisco e carinhos ao cão, ou brinque com ele cada vez que obedecer. Sempre associe os prêmios ao comando “Senta”.
  5. Repita essa atividade várias vezes ao dia.

Pode demorar um pouco, mas todo treinamento exige paciência. Se você não consegue treinar seu cão, não há problema algum em procurar um adestrador ou centro de treinamento. A partir do momento que seu cão aprender a sentar, é hora de passar para os próximos passos.

Cão dando a pata para dona

Treinar seu cão não é tão difícil assim, mas vai exigir paciência e uma boa dose de repetições para o cão absorver os comportamentos desejados. (Foto: MakeUSKnow)

Segundo passo: combinando comandos

Coloque alguns petiscos em seu bolso, ou esconda em sua mão. Diga ao seu cão para se sentar, e quando seu cão se senta fique a alguns passos de distância, enquanto você dá outro comando. Quando o cão executar a ação desejada, dê um deleite e carinho a ele. Lembrando: comandos que exigem alguma ação física, como deitar ou dar a pata, podem tornar necessário que o dono ajude o cão a chegar à posição com um pouco de carinho e manipulação com as mãos.

Um exemplo de treinamento: com o cão sentado, dê alguns passos para trás e diga “Fica”. Se o seu cão não se mover, diga ok, e chame ele pra perto de você, dando um petisco e carinho. Se o cão te seguir, diga não, leve-o de volta para a área do “sentar” e repita.

Combinar comandos é uma forma eficiente de colocar seu cão na mentalidade de treinamento. Por isso, sempre comece com o comando sentar.

Terceiro passo: a repetição

Repita o passo dois várias vezes por dia até que seu cão começa a associar o comando com a ação necessária. Usando nosso exemplo, o cão deve associar o comando “fica” a não se mover. Deixe sempre seu cão saber quando ele pode parar a ação, dizendo “ok” e dando elogios a ele, seguido de uma recompensa.

Quarto passo: treine os comandos separadamente

Comece a dar os comandos separadamente, ao invés de sempre associar ao comando “sentar”. Aumente o tempo que o cão tem que ficar na posição do comando antes de quebrar a sequência. Faça isso assim que ele não errar mais os comandos associados. Se não der certo, volte às associações e repita até que você se sinta seguro de separar os comandos novamente.

Quinto passo: manutenção

Execute a lição do comando várias vezes ao dia, todos os dias. Uma vez que seu cão dominar o comando por longos períodos de tempo, pratique a lição em outras áreas que tenham mais distrações, como o seu quintal ou na rua. Siga recompensando seu cão com muitos elogios à medida em que as lições progridem, e vá removendo os petiscos pouco a pouco.

Cuidados importantes no adestramento

Não tente adestrar o seu cão quando ele está ferido, doente, ou hiperativo. Sempre tente treinar o cão após uma caminhada ou brincadeiras, ou depois que ele teve uma refeição. Você quer que seu cão esteja em um estado de espírito calmo enquanto ensinar os comandos. Lembre-se sempre de usar a palavra de liberação “ok” para deixar seu cão saber que ele pode sair da posição. Você não quer que ele pense que ele pode se levantar quando ele quiser. Se o seu cão parece entediado ou desinteressado, pare as lições para o dia e tente novamente depois.

Você já treinou seu cão? Como fez o treinamento? Quais passos acha mais importantes no treinamento de um cão de estimação?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)