Viemos aqui falar muito sobre o cão da raça Fila Brasileiro, esta que é uma raça que chegou às terras brasileiras juntamente com os colonizadores espanhóis e portugueses. O cão da raça Fila Brasileiro é muito famoso devido ao seu porte avantajado e sua força física invejável, fama que alcançou status em vários outros países pelo mundo.

O cachorro da raça Fila pode servir ao dono como um cão de caça ou de guarda, características herdadas ao longo dos anos aproveitando o seu tamanho e porte que já intimidam por si só.

Os cães como o Fila Brasileiro são animais que precisam de uma ração de excelente qualidade, somente as rações especiais para porte grande possuem o balanceamento ideal para manter sua qualidade de vida e saúde.

Por mais bonzinho que seja o seu cão da raça Fila, é indicado por medidas de segurança que seja utilizado focinheira no momento dos passeios na rua. Por mais resistente que seja a sua coleira, ela poderá se soltar e causar um grande problema.

Tudo sobre a raça Fila Brasileiro

Características do cão da raça Fila Brasileiro

Cães de porte grande como os Filas necessitam de grandes áreas para viver e correr. Eles são animais para ser criados em casa com quintais enormes ou então em sítios e fazendas, eles ainda ajudaram na segurança do local.

São animais que precisam brincar muito e a escolha deste brinquedo pode lhe livrar de um prejuízo daqueles, escolha sempre um brinquedo bem resistente, pois senão ele não irá durar nem uma semana.

Quer conhecer melhor o cão da raça Fila Brasileiro? Confira tudo sobre a raça a seguir:

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

  • O fila brasileiro tem uma estrutura muscular e óssea muito forte.
  • O cão adulto pesa em média de 50 a 60 quilos.
  • A sua altura varia entre 65 e 75 cm (macho) e 60 a 70 cm (fêmea).
  • A sua pelagem é bem curta e lisa.
  • Suas cores são: castanho, preto e marrom escuro.
  • Eles têm uma cabeça grande e a boca na cor negra.
  • Sua pele é flácida e enrugada.
  • E suas orelhas são grandes e voltadas para baixo.

COMPORTAMENTO E TEMPERAMENTO

  • Eles possuem um grau de inteligência bem alto, mas exigem um bom trabalho de adestramento para chegar ao resultado ideal.

E aí pessoal? Gostaram do artigo? O que tem a nos dizer sobre o cão da raça Fila Brasileiro? Queremos saber a opinião dos nossos leitores sobre esta raça de cão e quais são suas opiniões sobre as características deste animal.

Você que tem um cão desta raça pode nos dizer como é a convivência com este animal, certamente você pode ajudar outro leitor que pensa em ter um cão desta raça. Desde já agradecemos sua atenção e comentário e desejamos um até breve!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

6 comentários para “Já conheçe o cachorro da raça Fila Brasileiro?”

  1. Douglas Valdez

    Pra mim e o melhor cachorro queria ter um de novo

    Responder
  2. Yanka Walter

    Minha sogra tem um e apesar de muito protetor comigo, já teve alguns acessos de raiva e descontrole por ser muito guloso, ele pede pra ir ao quintal fazer as necessidades mas qnd tem preguiça faz dentro de casa e abre geladeira forno micro portas e janelas e se estiverem trancadas ele arranca as janelas… E dorme com minha sogra na mesma cama e é criado como um cachorro pequeno!

    Responder
    • Equipe Estimação

      Tem que tomar cuidado, e condicionar muito bem. Pode ser que ele tenha muita energia, e precisa queimar mais durante o dia para evitar esses problemas de comportamento.

      Responder
  3. Livanildo

    Eu indico está maravilhosa raça para todos eu estou louco pra criar um já a vi um deste e muito corajoso e até enfrentar o pitbul sem dó.

    Responder
  4. Jucie Selva

    Para mim um ótimo cão de guarda e serviço muito leal e companheiro já tive por duas vezes e assim que possível quero voltar a ter.

    Responder
  5. Emerito

    Entre os molossos e um dos melhores na guarda e companhia, fiel ao máximo os donos tolerante a visitantes (na companhia do seu dono) e mortal a visitantes indesejáveis não necessita adestramento apenas uma boa criação afinal e um cão de guarda e não um pet

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)