Gato Balinês – Conheça esta raça!

Escrito na categoria "Gatos e felinos" por André M. Coelho.

Em um de nossos últimos artigos nós comentamos que alguns gatos de raça exigem cuidados específicos para levarem uma vida saudável e tranquila. Neste artigo inclusive mencionamos o Siamês, que tem parentesco direto com o gato Balinês, sobre o qual vamos falar hoje.

O gato Balinês é uma raça relativamente recente, já que apenas na década de 20 notou-se que alguns filhotes siameses nasciam com a pelagem mais longa que o habitual. Apenas nos anos 40 uma criadora americana, Helen Smith, começou os trabalhos de reconhecimento da raça, que só foram reconhecidos oficialmente nos anos 70.

A característica mais notável do Balinês é sua notável semelhança física com o Siamês, com os marcantes olhos de um forte tom de azul. Geralmente são de porte médio e tem o caminhado mais elegante do que o habitual nos gatos. São uma das raças felinas mais adequadas para apartamentos, uma vez que tem o miado bastante mais suave

Descendente do Siamês

Olhos super azuis e temperamento fácil

do que o de seus outros parentes. Muitas pessoas diriam que o Balinês tem muitas características geralmente caninas, já que é um gato muito fiel ao dono e se adapta bastante facilmente a outros animais de estimação, além de ser um animal brincalhão, alegre, curioso, alerta e de fácil relacionamento (assim como o Siamês).

Em termos de cuidados necessários, o Balinês se mostra como uma excelente opção também: é um animal de trato fácil e sua estrutura física não exige nenhum cuidado específico além daqueles que são básicos para todos os animais de estimação, podendo precisar apenas de algum cuidado especial com os pelos, que tendem a ser mais longos. É importante sempre manter o Balinês entretido, uma vez que é bastante ativo. O ponto negativo a respeito da raça é que é bem rara, especialmente no Brasil, onde tem apenas um criador.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário