O assunto de hoje é direcionado para as pessoas que tem gatos de estimação. Muita gente já ouviu falar que não existe uma forma de adestrar os gatos não é mesmo? O que muita gente não sabe é que existe uma forma de ensinar boas maneiras para seu bichano.

Estes métodos não são simples e exige muita paciência e perseverança dos donos. Certamente o resultado vai recompensar toda a dedicação de treinamento. Como muita gente acaba escutando que é impossível educar gatos, ela desiste no meio do treinamento, ou antes, de tentar.

Treinamento

É importante que você jamais espere que seu gato atenda comandos como “senta”, “rola” e “deita”. Ao adestrar o seu gato você vai conseguir ensiná-lo algumas regrinhas da boa convivência, mas tudo sem exigir que ele abra mão do seu perfil independente e misterioso. As orientações citadas a seguir são de suma importância para quem visa um melhor comportamento de seu gato. Confiram!

Adestrar X educar

  • A primeira coisa que você deve aprender é que o termo adestrar não encaixa muito com gatos, o melhor termo a ser utilizado é educar.
  • O melhor resultado que você irá conseguir com seu gato é um comportamento melhor e uma redução de bobagens de acordo com as regras da sua casa.
  • Desde já adiantamos que mesmo um gato sendo educado, ele poderá sim repetir os maus comportamentos em determinados momentos.

Os felinos são criaturas independentes

  • De uma forma totalmente diferenciada dos cães, os gatos desde bem pequenos aprendem as regras da boa convivência em grupo, além de não aceitarem ser punidos à toa.
  • Os gatos lutam por sua liberdade e independência e quanto mais você forçar este lado, maior será o número de atitudes contrárias ao que você deseja.

Um pouco de bajulação ajuda

  • Os gatos como todos sabem adoram carinhos e bajulação. Sendo assim, a melhor maneira de educar seu gato é baseada em reforço positivo.
  • No lugar de reprimi-lo, você deve recompensá-lo por cada atitude certa. Não fique apenas em um tipo de recompensa, dê um petisco em um momento, em outro você pode presenteá-lo com um cafuné e por aí vai.

Brincar de educar

  • Os gatos são extremamente brincalhões e seu perfil de vida faz com que eles sejam sempre ativos, além de estarem prontos para realizar diversos tipos de atividades.
  • Utilizar à hora da brincadeira pra educar é a melhor forma de ensinar algo para seu bichano. Mudar o local da comida, esconder o alimento às vezes e também oferecer brinquedos. Use as brincadeiras para recompensar as atitudes corretas de seu gato.
Como adestrar um gato?

Dicas para educar seu gato de estimação!

A melhor hora de treinar

  • O horário ideal para brincar e estimular os exercícios do seu gato de estimação é sempre antes de alguma das refeições diárias dele. Imagine que um gato de barriga cheia não vai ter tanto interesse pelo petisco que irá ganhar de recompensa.
  • Em contra partida o gato faminto não vai conseguir prestar atenção nenhuma no que você deseja ensinar. Busque o equilíbrio neste quesito.

Gatos ficam rapidamente entediados

  • Como citado anteriormente os gatos são viciados em brincadeiras, mas eles se desinteressam rapidamente. A melhor maneira de evitar esta reação é sempre fazer sessões diárias de brincadeiras curtas, além de mantê-las sempre no mesmo horário.

Punições

Você pode sim punir eu gato, mas existem algumas ressalvas para fazê-lo. Esta punição só terá resultado se você pegar o gato em flagrante. Você jamais deve bater no gato e jamais deixe que ele saiba quem está exercendo a punição. Se o gato associar sua presença a alguma coisa ruim, certamente ele vai começar a te evitar ou até arranhá-lo.

A melhor maneira de punir um gato é utilizando um borrifador de água, sempre que ele fizer alguma coisa errado, você deve espirrar nele da forma mais disfarçada possível.

Dificultar algumas atitudes do seu gato também ajuda na educação, você deve tornar as atitudes erradas desagradáveis para ele. Os gatos odeiam cheiro de casca de laranja e coisas que colam em suas patas.

Você pode utilizar fitas dupla face em locais que o gato esteja usando para afiar suas unhas. Para inibir os gatos que fuçam as lixeiras, você pode comprar uma lixeira complicado de ser aberta, ao fazer isso, rapidamente ele vai perder o interesse e deixar o seu lixo em paz.

Estamos chegando ao final deste artigo e esperamos que vocês tenham entendido como educar um gato, aprender a diferença de métodos e resultados entre cães e gatos é a maior dificuldade dos donos.

O tempo de aprendizagem é infinitamente maior e o processo é muito mais difícil do que com cachorros. Se você busca um gato com atitudes de cachorro, você deve desistir da ideia ou arranjar um cão.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)