Sempre que as crianças atingem uma certa idade e começam a sentir mais falta de contar com a presença de outras crianças e amigos os pais começam a pensar se um animal de estimação não é uma boa opção.

Existem muitas considerações a serem feitas quando for escolher se um animal de verdade ou apenas um bichinho de pelúcia é a melhor opção de companhia para as crianças.

Onde você mora?

Provavelmente este é um dos principais pontos a se considerar, já que muitos condomínios atualmente sequer aceitam a presença de animais nas residência. Nesse caso e no caso de apartamentos muito pequenos, talvez seja interessante considerar um animal de pelúcia.

Alguém tem alergia?

Se alguém na casa tiver alergia a algum animal não tem jeito, é preciso escolher outro bichinho. Antes de pensar em escolher entre um cão ou gato, procure saber se as crianças e os adultos não tem nenhum tipo de alergia.

Escolhendo entre bichinho de estimação e bichinho de pelúcia

Olha que coisa mais linda! Mas se a criança não pode ajudar a cuidar, é melhor só ter uma dessas coisinhas peludas e fofas. (Foto: www.earthporm.com)

Quem vai cuidar?

Observe a rotina da sua família para escolher o animal mais adequado para uma criança. Se vocês passam a maior parte do tempo fora, talvez um animal mais tranquilo como um gato ou raças mais calmas de cachorro possam ser uma boa opção ao bichinho de pelúcia. Se não tiver gente na sua casa boa parte do dia, evite animais agitados e que demandem muitos cuidados com limpeza e alimentação.

O que é mais prático?

Se pensar apenas em praticidade, com certeza um bicho de pelúcia é a melhor indicação para a sua família. Mas não necessariamente a melhor. A convivência com animais de estimação é muito importante para as crianças, tanto no sentido de que elas vão passar a ter uma companhia constante quanto no sentido de lhes ensinar muitas coisas sobre responsabilidade e respeito a outra vida. Talvez deixar a criança a cargo de alimentar e cuidar do animal seja uma excelente opção, já que vai lhe ensinar a ser responsável. Escolha um animal que tenha um bom nível de independência, como um gato ou um porquinho da índia, assim a criança não ficará sobrecarregada e ainda contará com um amiguinho muito bem cuidado!

Se gostou da ideia de ter um porquinho da índia, confira como se dá banho em um deles.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)