A modernidade é cada dia mais impressionante e alguns assuntos geram bastante polêmica. A implantação de microchips nos animais tem crescido enormemente e os defensores desta ideia asseguram que este aparelho não altera em nada nas condições de vida do animal.

A ideia desta implantação é para ter um controle dos animais, além de diminuir o índice de abandono dos mesmos. Juntamente deste chip, vão os dados do animal e de seu dono, sendo assim, será muito mais fácil encontrar um animal perdido.

O chip é minúsculo e tem o tamanho semelhante ao de um grão de arroz, ele é implantado através de uma injeção. Este aparelho é totalmente revestido por uma cápsula de biovidro e para cada animal existe um local próprio para sua aplicação.

Você colocaria um chip em seu cãozinho?

Tudo sobre o microchip implantado nos cães

Desde o ano de 2007, foi estipulada a lei 14483, para todo o município de São Paulo. Ela definiu que todos os animais doados ou vendidos deveram portar o microchip. Com o passar do tempo esta medida tem sido adotada por vários outros estados do país.

Você deve saber que o chip é uma espécie de carteira de identidade do animal, desta maneira será possível identificá-lo em qualquer local, além de controlar os abandonos, uma vez que o dono será identificado e punido.

Este tipo de tecnologia tem sido bem contestado por grande parte da população, existe um lado religioso envolvido nesta situação e há muitos e muitos anos estavam previsto este tipo de implantação de microchips em animais e também nos humanos.

Este tipo de ato é considerado uma afronta para os mais ligados a religião e este assunto tende a render bastante ainda. Qual sua opinião sobre o chip em animais? Você é a favor, ou totalmente contra? Nosso site gostaria e debater bastante sobre este assunto e precisamos de várias opiniões, podemos contar com o comentário de vocês? Esperamos que sim, até breve pessoal não deixem de fazer sua crítica ou sugestão sobre o site!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)