Você provavelmente está familiarizado com o método testado e comprovado em que muitos donos de cães confiaram para ver se o cachorro está com febre: sinta o nariz dele. Se estiver molhado e frio, ele está bem. Se estiver quente e seco, provavelmente é uma febre. Simples, certo? Não há nada de errado em usar esse medidor antigo, mas às vezes é mais complicado do que isso, e o teste do nariz sozinho não é suficiente para uma avaliação precisa da presença de febre.

Qual é a temperatura normal de um cão?

Ao contrário das pessoas, que têm um intervalo de temperatura normal de 36,5º C a 37,5º C, a temperatura normal do seu cão é maior: o intervalo é entre 37,5º C e 39,2º C. Então, agora que sabemos o que é normal, vamos olhar para os sinais que nos dizem se o nosso cão está fora desses limites e com febre.

Quais são os sintomas de febre em cachorro?

Seu cão não pode lhe dizer quando ele está com febre, então você deve se familiarizar com os sintomas que podem indicar sua presença. Aqui estão os sinais mais comuns:

  • Olhos vermelhos
  • Letargia / falta de energia
  • Orelhas quentes
  • Nariz quente e seco
  • Tremedeira
  • Perda de apetite
  • Tosse
  • Vômito

O que causa uma febre em cães?

Uma infecção ou inflamação pode causar febre em animais de estimação, enquanto o corpo tenta combatê-la. Eles podem ser internos ou externos e incluem:

  • Uma mordida, arranhão ou corte infectado
  • Infecção na orelha
  • Infecção do trato urinário
  • Dente infectado ou abscesso
  • Uma doença bacteriana ou viral em curso
  • Infecção de órgãos, como rins ou pulmões

A ingestão de materiais venenosos também pode causar febre. Esses incluem:

  • Plantas tóxicas
  • Produtos químicos
  • Medicamentos humanos
  • Alimentos humanos que são tóxicos para cães, incluindo o adoçante artificial xilitol

Se você acha que seu cão ingeriu uma substância tóxica, entre em contato com um veterinário urgentemente. Não é incomum que animais de estimação (e humanos) sofram de febre baixa 24 a 48 horas após a vacinação. Isso geralmente não é perigoso e resolve após um dia, mas monitore a situação.

Como tirar a temperatura do seu cachorro?

Embora possa não ser a coisa mais agradável que você e seu cão farão juntos, a avaliação precisa da temperatura só pode ser feita com um termômetro retal ou auricular. Hoje em dia existem termômetros digitais feitos apenas para animais de estimação. Você deve ter um desses no kit de primeiros socorros que você guarda para o seu cão. Ele pode registrar sua temperatura em cerca de 60 segundos, reduzindo o desconforto dele (e seu).

Para um termômetro retal, primeiro lubrifique-o com vaselina ou óleo de bebê. Com cuidado, insira-o cerca de 2,5 cm no ânus do seu cão e remova-o assim que receber uma leitura.

Os termômetros auriculares são menos invasivos, mas ainda assim uma maneira confiável de tirar a temperatura do seu cão. Ele mede as ondas de calor infravermelho que são emitidas da área ao redor do tímpano. O termômetro é colocado profundamente no canal auditivo horizontal para obter uma leitura precisa. Os termômetros auriculares são geralmente um pouco mais caros, mas seu cão apreciará sua disposição de desembolsar mais alguns dólares. Leia todas as instruções cuidadosamente. Não use um termômetro de vidro.

Cachorro com febre

Conheça os sintomas de febre no cachorro e comece um melhor tratamento para seu amigo peludo. (Foto: Wag!)

Quando trazer seu cão ao veterinário?

Um cão é considerado com febre quando sua temperatura atinge 39,5º C ou mais. Se isso acontecer, é hora de ir ao consultório do veterinário. Uma temperatura de 41º C ou mais pode danificar os órgãos internos de um animal de estimação e pode ser fatal. Portanto, nunca espere até chegar a esse ponto.

Uma vez no veterinário, diagnosticar a causa subjacente pode ser complicado. Seu veterinário provavelmente tem um registro do histórico médico de seu cão, com informações sobre vacinas, cirurgias, alergias, medicamentos e doenças do passado. Mas o veterinário também pode precisar saber de quaisquer lesões físicas recentes, ingestão de plantas ou outras toxinas, picadas de insetos e assim por diante. Também será útil dizer quando você notou a febre pela primeira vez.

Após a realização de um exame físico, seu veterinário pode solicitar exames laboratoriais de rotina, como exame de urina, hemograma ou um perfil bioquímico. Eles podem oferecer informações úteis sobre uma condição subjacente ou infecção. No caso de infecção, o seu cão pode receber medicação. Testes mais específicos também podem ser necessários.

Às vezes, a causa raiz da febre não pode ser determinada.

O que fazer quando o cachorro esta com febre?

Para ajudar a reduzir a febre de um animal de estimação, primeiro aplique água fria em torno de suas patas e orelhas. Você pode usar uma toalha ou pano encharcado. Continue a monitorar a temperatura e, quando ela estiver abaixo de 39,5º C, você pode parar de aplicar a água. Veja se você pode persuadi-lo a beber um pouco de água. Você ainda precisará monitorar seu cão de perto, para ter certeza de que a febre dele não retornará, e considere levá-lo ao veterinário caso ele apresente outros sintomas. Lembre-se: melhor prevenir do que remediar.

Nunca dê ao seu cão (ou gato) medicação humana, como aspirina ou paracetamol. Estes são extremamente tóxicos para animais de estimação.

Este artigo foi concebido para ajudar a informá-lo sobre a febre em cães e não se destina a tomar o lugar de um diagnóstico veterinário ou consulta. Se você acha que seu cão pode estar com febre, entre em contato com seu veterinário imediatamente para marcar uma consulta e garantir que ele receba o tratamento mais seguro e eficaz.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)