Alguns animais são surpreendentemente monogâmicos. Isso significa que eles tem um par apenas pelo resto de suas vidas. É super romântico, lindo, e isso também garante a sobrevivência desses animais, perpetuando a espécie através do acasalamento. Sem mais delongas, vamos conhecer alguns dos animais monogâmicos.

Pinguim monogâmico

Os pinguins são na maior parte monogâmicos. No entanto, existem algumas espécies como o pinguim-imperador, que são serialmente monogâmicos; eles acasalam como um casal por uma temporada, mas no ano seguinte eles provavelmente acasalarão com outro pinguim, já que a necessidade urgente de reprodução fará com que eles evitem esperar pelo mesmo par do ano anterior.

Os pinguins africanos, magalhânicos, gentoos e reais são exemplos de espécies de pinguins monogâmicos. Um fato fascinante em relação ao acasalamento dos pinguins é que tanto o macho quanto a fêmea estão envolvidos na preparação do ninho e no cuidado dos filhotes, um comportamento dificilmente visto em muitas espécies de animais.

Monogamia entre os macacos gibões

O gibão peludo não tem muitos parceiros em sua vida útil de 35 a 40 anos. Os machos e as fêmeas formam fortes laços e exibem uma quantidade surpreendente de igualdade de relacionamento à medida que criam uma família. Eles cuidam de seus filhos juntos, cuidam uns dos outros e passam tempo de qualidade vocalizando e saindo. Mas nem todo relacionamento é perfeito. Brigas, rompimentos e novos casamentos ocorrem dentro da comunidade dos macacos gibões.

Lobos são animais leais

Geralmente é “até a morte nos separar” para os lobos. Na natureza, eles começam a se reproduzir com a idade de dois anos. Pares acoplados constroem sua matilha de lobos tendo uma nova ninhada todos os anos e maioria dos lobos também não experimenta a senescência reprodutiva e pode ter bebês até morrerem. Então, quando você vir um lobo solitário, tenha alguma simpatia. Ele é solteiro e procura por amor, lamentando seu parceiro morto, ou, em casos extremos, cuidando-se de um rompimento com o bando.

Castores são também fiéis

Apenas cerca de 3% dos mamíferos são socialmente monogâmicos, mas deixem para os castores nos mostrar como é feito. Após o acasalamento, os roedores passam tanto tempo mantendo seus relacionamentos e suas barragens. Os machos e fêmeas criam em conjunto seus jovens e ficam juntos até que um parceiro morra. Castores ocasionalmente traem seus pares, mas não é suficiente para acabar com a família.

Animais monogâmicos

Os cisnes são os animais monogâmicos mais famosos que conhecemos. (Foto: Curiosity Aroused)

Corujas são monogâmicas

Cerca de 90% das aves são socialmente monogâmicas, mas isso não significa que sejam completamente fiéis a um parceiro. Corujas, no entanto, colocam todos os ovos na mesma cesta. Os machos cortejam as fêmeas com gritos e presentes de ratos mortos. Se a fêmea responder com sons de “coaxar”, ela basicamente diz “sim” para um parceiro de toda a vida.

Águias carecas são monogâmicas

Relações de longa distância não são fáceis, mas as águias americanas prosperam nelas. Os pássaros voam sozinho durante o inverno e a migração, reconectando-se com seus parceiros em cada estação de reprodução. A maioria das águias forma um par aos cinco anos de idade e permanecem juntas pelo menos 20 anos.

Peixe-anjo francês

Não deixe o nome enganar você. Esses amantes são lutadores agressivos que fazem quase tudo como um par, seja caçando, saindo no recife e defendendo seu território. E você pensou que seu ex era grudento? É só ver o que esses peixes são capazes para aprender o que realmente é ser um grude de seu par.

Polvos monogâmicos

O mais bravo invertebrado dedica sua vida a um parceiro. Bem, mais ou menos. Os polvos vivem apenas um ou dois anos, por isso reproduzem uma vez e depois morrem pouco depois. Mas o polvo listrado do Pacífico é uma exceção, com a capacidade de colocar várias ninhadas de ovos. Em vez de acasalar-se uma vez a uma distância para evitar ser comido, essas criaturas se cruzam cara a cara várias vezes e até parecem beijar e acariciar uns aos outros.

Cisnes

Nós já estabelecemos que os pássaros gostam de ser fiéis a um par apenas, mas o compromisso do cisne masculino realmente se destaca. Além de ajudar suas parceiras a construir ninhos, eles são um dos dois únicos machos da família Anatidae que compartilham as tarefas de incubação dos ovos. Não é demais?

Quais outros animais monogâmicos vocês conhecem?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)