Criadouro de aves de rapina, como escolher?

Escrito na categoria "Animais exóticos" por André M. Coelho.

A falcoaria não precisa ser reservada para duques medievais. Embora tenha caído em desuso em nossa sociedade cada vez mais tecnológica, ainda existem muitos homens que gostam de praticar a falcoaria hoje. Algumas das minhas melhores lembranças da infância são minhas e de meu pai vagando por estradas de terra com nossos olhos examinando copas de árvores e postes de telefone, procurando a figura de um falcão faminto. A falcoaria é uma ótima maneira de se reconectar com a natureza, fazer amizades com outros e se divertir.

Antes de escolher um criadouro para encontrar sua ave de rapina, é importante entender o que é a falcoaria e a criação de aves de rapina.

O que é falcoaria?

A falcoaria envolve a captura, treinamento e alojamento de aves de rapina para uso na caça. Sim, você está usando um pássaro para caçar. Quão incrível é isso? Falcões e gaviões são comumente usados. Os falcoeiros podem capturar pássaros na natureza ou comprá-los de criadores. Detalhes sobre armadilhas eficazes podem ser encontrados em livros e guias ou aprendidos com especialistas.

Investir tempo e esforço para capturar seu próprio pássaro pode ser muito gratificante. Híbridos especialmente criados e outras aves difíceis de encontrar podem ser adquiridas. O pássaro é treinado na caça e obediência, e então o falcoeiro “voa” o pássaro e caça. É possível manter um pássaro apenas para voar, renunciando ao aspecto de caça, mas nem todo mundo acha que isso é apropriado. Aves de rapina têm um desejo instintivo de caçar, e proibi-los de fazê-lo enquanto os mantêm cativos pode ser visto com maus olhos.

História das aves de rapina na falcoaria

Há evidências que mostram que a falcoaria era praticada antigamente em praticamente todas as partes do mundo, e é anterior à escrita em muitos lugares. A falcoaria era praticada por soldados mongóis durante campanhas militares para complementar as fontes de alimento entre as batalhas e para proporcionar recreação. A falcoaria foi usada como um símbolo de status na China e como um símbolo de proeza militar no Japão.

A falcoaria era muito popular na Europa medieval, onde muitas vezes era parte integrante da educação de um cavalheiro e apreciada por reis e homens comuns. Shakespeare praticava a falcoaria e a mencionava várias vezes em suas peças. Embora a falcoaria tenha diminuído à medida que o uso de armas de fogo se tornou mais popular no esporte e na caça, não há razão para que os homens não possam desfrutar do esporte hoje.

Aves de rapina para falcoaria

Seja como pet ou para falcoaria, encontre um criador de aves de rapina responsável para ter o animal ideal. (Foto: www.falconrydays.com)

Quais são as aves de rapina legalizadas para falcoaria?

A falcoaria utiliza uma grande variedade de aves de rapina. A ave mais conhecida na falcoaria é provavelmente o falcão. A maioria dos iniciantes começa com um falcão simples. Outras aves de rapina incluem gaviões, águas, corujas, corvos, e mais.

Entenda, no entanto,que não são todas as raças de aves de rapina que são legalizadas. Apenas as criadas por criadores oficiais e autorizados pelo Ibama podem vender estes animais.

Começando na falcoaria: licenciamento e treinamento

Depois de configurada, a falcoaria é mais fácil de praticar do que muitos estranhos podem pensar. A parte mais difícil é começar, e isso pode ser realmente assustador. Você precisará do seguinte:

1. Licenciamento adequado

A falcoaria é regulamentada na maioria dos lugares. Você precisa consultar o IBAMA do seu estado pode fornecer detalhes. Você pode ler os regulamentos federais sobre falcoaria, tanto em sites de entusiastas quanto diretamente com o IBAMA.

Existem diferentes níveis de licença para ter e cuidar de aves de rapina. Você pode ser um criador, cuidador, ou falcoeiro. Falcoeiros gerais e mestres têm permissão para selecionar entre uma grande variedade de aves de rapina. Esses falcoeiros também podem manter vários raptores, desde que todas as outras considerações, como habitação, estejam em ordem.

2. Aprendizagem

Um iniciante precisa encontrar um falcoeiro estabelecido para o treino adequado. Se você conhece alguém que é falcoeiro praticante, isso é ótimo. Do contrário, geralmente é possível encontrar um patrocinador por meio de organizações de falcoaria.

3. Habitação adequada

As aves de rapina exigem um nível de alojamento além dos animais de estimação e muitos animais exóticos. Os viveiros de aves de rapina são geralmente do tamanho de um quarto ou de um grande galpão de ferramentas, embora possam diferir em tamanho ou detalhes de acordo com as espécies de raptores ou outras considerações, como variação climática local e se você acha apropriado ou não abrigar uma ave de rapina dentro de casa se você tiver filhos. Você absolutamente não pode economizar em um alojamento adequado para seu pássaro; se você estiver com pouco espaço ou dinheiro, adie a construção ou a compra de um viveiro até que tenha espaço e recursos adequados.

Os viveiro precisam fornecer à ave um local para pousar, abrigo da intempérie e espaço adequado. Eles podem ser instalações internas ou externas. A maioria das cavalariças utiliza uma “câmara de segurança”. Esta é uma pequena entrada com uma porta para a unidade habitacional do viveiro e uma porta para o exterior. Ao permitir que o falcoeiro contenha adequadamente o animal ao entrar e sair do viveiro, as câmaras de segurança evitam que os pássaros escapem ou se machuquem. Eles também são um ótimo lugar para guardar equipamentos como luvas e balanças.

4. Acesso à terra

As aves de rapina precisam ser capazes de voar e fazer exercícios. Não só é muito chato tentar caçar em seu jardim de casa, mas também pode assustar as crianças. Também é cruel mantê-los presos o tempo todo.

Antes de procurar um criadouro de aves de rapina: seja responsável!

Manter uma ave de rapina não é como ter um cachorro de estimação. Na verdade, não é como manter répteis ou pássaros ornamentais. Este pássaro é um animal diferente, e há uma série de coisas que você precisa saber. As informações necessárias podem ser obtidas em livros sobre o assunto e / ou com seu professor.

Você precisa saber se seu pássaro está doente. Você também precisa saber o que fazer se o seu pássaro ficar doente. Novamente, essas informações podem ser obtidas em livros e falcoeiros praticantes.

Depois de ter essa motivação, e certeza de que você quer uma ave de rapina, procure em fóruns, associações, e grupos de falcoeiros pelos criadores autorizados. Você pode entrar em contato com o IBAMA do seu estado também para encontrar um criadouro de aves de rapina.

Evite comprar nas redes sociais, ou diretamente nos fóruns. Há muitos contrabandistas trabalhando nestes lugares, e você poderá ter problemas legais.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário