Para muitas pessoas fica a seguinte dúvida: devo comprar ou adotar um animal? Devo vender ou doar o animal que tenho? Esta pessoa que vos escreve tem uma opinião muitíssimo demarcada: a adoção e doação de animais é a atitude que melhor está de acordo com o que são os animais, seres vivos e não objetos ou mercadorias. Além deste problema que confunde as categorias “seres vivos” e “objetos”, como se os animais fossem brinquedinhos com um valor determinado, está ainda o problema dos animais abandonados. Para quê comprar um animal se posso encontrar facilmente para adotar? A oferta de animais para doação/adoção está em vários sites de internet, anunciados em pet-shops e disponíveis em feiras de adoções. E de antemão dizemos que não são somente cães e gatos vira-latas (e qual o problema com eles?), mas também de raça, de animais que deram cria e seus donos não quiseram colocar à venda. E assim como os animais à venda, os animais para adoção vêem igualmente vermifugados e com algumas vacinas, a maioria das feiras de adoções adotam esta política. Não consigo vislumbrar nenhum prejuízo às pessoas que adotam animais, pelo contrário, elas ganham um amigo e não pagam por ele.

Comprar cachorros

Aqui você vê cachorros ou valores em Reais?

Quanto à compra/venda de animais, especificamente cães e gatos, vejo que ela é justificada com base na raridade de certas raças. Este já é um velho princípio do capitalismo primitivo. Por que o diamante vale essa fortuna? Ora, pela sua raridade e dificuldade em ser encontrado. Neste sentido os animais raros igualam-se certamente a objetos valiosos, mas nem por isso são OBJETOS! Para os criadores e compradores estará acima de sua condição de ser vivo, que por isso não deveria ser tratado como uma mercadoria, a sua condição de objeto raro, cutucando o desejo daqueles que almejam ou “precisam” de algo diferente. Os cães e gatos raros são por isso produzidos, ou seja, as ninhadas são programadas e administradas para a venda. Não há nada de espontâneo ou com a intenção de preservar tal raça específica. A intenção é mesmo ganhar dinheiro com algo que não se deveria, justamente por não ser um “algo”, uma coisa. Mesmo pessoas que não são criadores profissionais, mas desejam vender sua cria, eu recomendo antes pesquisar se pessoas próximas não desejam adotá-las, se estão procurando em sua região cães ou gatos para adoção.

Vender gatos

Você vê gatos ou uma carteira cheia?

Por mais que de acordo com a “tabela de vendas”, o seu animal possa valer uma boa nota, o ponto de vista ético deve ser consultado. Não é isso que a sociedade atual vem reivindicando? A maior presença de ações éticas no mundo? Por que não estender essa reivindicação à nossa relação com os animais?

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

5 comentários para “Cães e gatos: adotar ou comprar, doar ou vender?”

  1. Maria Elizabeth Rosa Rocha

    Gostaria de adotar um cachorro para a minha filha de 4 anos porque eu não tenho comdições de comprar.gostaria que vocês me ajudase a realizar este sonho para ela quem sabe um presente de natal.conto com as suas ajuda aguardo a suas resposta com carinho obrigada

    Responder
    • Marcio de Macena dos Santos

      Preciso de uma pesoa quqe goste de cachorro como eu, porém acho que eles precisam de espaço eeu estou sofrendo muito

      Responder
      • Equipe Estimação

        Marcio, siga as dicas do nosso artigo//www.estimacao.com.br/como-doar-animais-pelas-redes-sociais-cao-gato/ Esperamos que tenha te ajudado!

  2. Gislaine

    Como faço para adotar um cachorrinho de voceis

    Responder
    • Equipe Estimação

      Gislaine, siga as dicas do nosso artigo//www.estimacao.com.br/eventos-para-adotar-bichinho-estimacao/ para adotar um bichinho de estimação. Nós não disponibilizamos animais para adoção.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)