Trazer sua primeira cobra para sua família requer preparação e a certeza de que todos os outros membros da família se sentirão à vontade com o recém-chegado. Existe alguém na sua família que possa ter medo de cobras? Você está alugando uma casa? Se assim for, verifique com o proprietário se as cobras de estimação são permitidas. As cobras são carnívoros que comem toda a sua presa. O armazenamento dos itens alimentares será um problema? Pense sobre essas coisas antes de decidir sobre uma cobra de estimação.

Como comprar uma cobra: o equipamento

Uma cobra de estimação precisa de um recinto, e uma casa dentro do recinto. Ao contrário dos cercados para peixes, pássaros e cavalos; maior não é melhor para um recinto de cobra. Pequenas cobras ficam ansiosas quando se deparam com uma casa que é muito grande. De modo geral, as cobras arborícolas precisam de cercados altos e as cobras terrestres precisam de grandes. Escolha uma variedade de cobra antes de comprar um terrário, mas compre e monte o lar antes de comprar a cobra.

As lojas de animais que vendem suprimentos de répteis e anfíbios vendem uma variedade de terrários excelentes com capas (“dosséis”) projetadas para esses animais. Escolha uma para sua cobra e, em seguida, escolha os materiais de substrato. Estas são as coisas que revestem o fundo do tanque. Há areias e cascalhos e cobertura morta que podem replicar de perto o habitat natural da cobra. Estes são ideais. Várias camadas de papel de jornal também podem fazer o trabalho. É fácil manter o papel de jornal limpo e seco, e é consideravelmente mais barato. No entanto, quanto mais próximo de um habitat natural você conseguir, mais saudável será sua cobra a longo prazo. Escolha as pedras, galhos de escalada, vinhas e assim por diante, de acordo com o tipo de cobra que você escolheu. As pequenas pitons que habitam o solo precisam de rochas e de um galho de escalada. Alguns outros tipos precisam de muitos galhos e trepadeiras para subir e se esconder.

Todas as cobras precisam de um esconderijo. Essa pode ser uma caverna feita de pedra ou um pedaço de papelão limpo em que a cobra se encaixa. Ela precisa de um lugar onde se sinta segura para descansar e relaxar.

Algumas cobras precisarão de uma luz ultravioleta-B (UVB). Algumas não. Algumas se dão bem com meia hora de luz solar não filtrada a cada dia. Investigue os detalhes das necessidades da sua variedade. Todas as cobras vão exigir uma luz UV. Posicione-a sobre um belo balanço ou galho.

Você precisará de uma variedade de termômetros e higrômetros (dispositivos que medem a umidade): alguns para o chão e outros para as paredes do terrário. Nunca, nunca acredite nos termostatos.

Todas as cobras também devem ter algum aquecimento por baixo do tanque. Você precisa ter cuidado aqui: não basta enfiar uma almofada de aquecimento embaixo do tanque, ligá-la e ignorá-la. Ela precisa ser pequena o suficiente para fornecer calor a apenas uma parte do chão, sob parte da casa da cobra. A ideia é fornecer o que é chamado de “gradiente de calor”. Isso significa que uma seção do piso sob uma casa de repouso deve ter uma temperatura específica. Digamos, por exemplo, que a temperatura ideal para a sua cobra é 30ºC. Outro ponto no chão sob o esconderijo deve ser um pouco mais quente, e outro ainda deve ser um pouco mais fresco. No entanto, outra seção do piso fora do esconderijo deveria ser tão fria quanto 22ºC e não aquecida. Desta forma, a cobra pode regular sua temperatura corporal, movendo-se ao redor. Sua temperatura ideal deve estar disponível em seu esconderijo.

Não confie na lâmpada  para todas as suas necessidades de aquecimento de cobras. Não vai funcionar Além disso, não vá pelos termômetros na parede do tanque. Eles não vão dizer o quão quente ou frio o chão é. Acompanhe as temperaturas do piso, a temperatura do ar e a umidade várias vezes ao dia e algumas vezes por noite por pelo menos uma semana, antes de colocar a cobra em sua nova casa. Se você errar, sua cobra vai sofrer.

Cobra de estimação

Aprenda a cuidar de cobras de estimação para ter a sua e aproveitar tudo que esse pet exótico tem a oferecer. (Foto: Mr. Langenberger’s Science Domain)

Exercício e alimentação para cobras domesticadas

Cobras de estimação não exigem muito em termos de exercício. Permita que ela faça o trabalho dela, com equipamentos de escalada adequados disponíveis, e ela ficará bem. Algumas das maiores cobras gostam de nadar em uma piscina rasa segura de vez em quando.

Todas as cobras são carnívoras. Eles comem carne. De fato, eles comem sua carne inteira, com todos os ossos e entranhas ainda dentro. Muitos tipos de cobras comem ratos. Alguns comem anfíbios ou outros répteis. As mais pequenas podem viver em grandes insetos.

Felizmente, muitas cobras de estimação aceitam presas mortas. Se a sua o fizer, considere manter um pequeno freezer separado para as presas. Camundongos e ratos mortos de várias idades podem ser comprados em pacotes congelados através de lojas de suprimentos para animais de estimação e diretamente de pessoas que criam ratos “alimentadores”. Por razões de saúde, é melhor manter o jantar da sua cobra separado dos seus próprios alimentos. Dependendo da cobra, ela pode engolir três ou quatro em uma refeição, ou ela só pode comer uma. Você precisa manter meia dúzia de alimentos à mão, em qualquer caso. Tente começar com itens de presa que são aproximadamente do mesmo tamanho em diâmetro que sua cobra.

Se sua cobra não tocar em presas mortas, tente mexer um pouco a refeição para fazê-la se mover. Além disso, tente colocar um pedaço de tecido sobre o tanque como uma “cortina de privacidade”. Às vezes, um ou ambos fazem o truque.

Se isso falhar, você pode precisar alimentar sua cobra presa ao vivo. Isso é mais complicado, e não para os fracos de coração. Você precisa observar a caça às cobras e matar a presa maior, porque é perigoso para a cobra deixar um roedor adulto sozinho com ela. A criatura em pânico poderia ferir a cobra com suas garras e dentes.

Água limpa é importante para as cobras, assim como para outros animais. Limpe e encha a tigela de água pelo menos duas vezes por semana.

Higiene da cobra doméstica

Higiene é mais importante quando sua cobra troca sua pele. Se a temperatura e a umidade estiverem corretas, e se tudo correr bem, ela cuidará disso sozinha. Normalmente, uma cobra vai trocar de pele uma vez por mês ou mais. Espere que o processo demore mais de uma semana. Se houver algum problema, ou pior, ela não tiver trocado a pele há muito tempo, ela pode precisar de ajuda.

Uma causa comum de problemas de descamação é o ar seco. Eleve a umidade no tanque e adicione uma caixa parcialmente preenchida com toalhas de papel umedecidas, musgo ou outro material de substrato macio. Isso pode ser suficiente para resolver o problema. Um pouco de fricção suave sob o queixo também pode ajudar. Há itens suficientes no tanque para a cobra se esfregar? Ela precisa de algumas pedras e galhos para isso. Afinal, ela não tem mãos. Se a sua cobra ainda não for capaz de completar a troca de pele, leve-a ao veterinário.

Um bom ambiente familiar para uma cobra é aquele em que ela tem tempo suficiente para si mesma, de modo que ela possa relaxar e digerir suas refeições, mas onde ela é cuidada adequadamente, mesmo depois que a novidade de uma cobra de estimação já passou.

Manipulação da cobra doméstica

Muitas cobras de estimação aprendem a tolerar o manuseio, mas você não deve nem mesmo tentar pegá-la até que ela tenha comido com sucesso pelo menos quatro refeições em sua nova casa. Espere até que não haja protuberância de sua refeição antes de tentar tocá-la. Comece devagar e coloque as duas mãos sob a barriga para sustentar o peso. Apenas manuseie o terço médio do corpo dela, a menos que um veterinário o instrua a fazer o contrário. Existem algumas razões médicas para segurar a cabeça ou a cauda, ​​por isso, se o veterinário pedir (por exemplo, para limpar o rosto da cobra), vá em frente. Nestes casos, apoie o corpo dela com a outra mão.

Onde comprar cobras de estimação?

No Brasil, é necessário uma licença para ser um criador de cobras. Cada estado tem um conjunto diferente de regulamentações que regem a venda de répteis, por isso é importante que você entenda os requisitos estabelecidos por sua autoridade local. Comece pesquisando pelo IBAMA para encontrar criadores perto de sua região para encontrar onde comprar sua cobra de estimação e começar a criar seu pet.

Quanto custa uma cobra?

Uma cobra pode custar a partir de 1 salário mínimo, podendo facilmente chegar a bem mais. Com o terrário e tudo mais que é preciso para se ter uma cobra, os custos são de mais de 2 salários mínimos. Não é um pet barato para se ter.

Qual é o próximo passo? Se você ainda está considerando uma cobra, descubra se a sua acomodação permite isso. Você mora em um apartamento alugado? Verifique com o senhorio. Em seguida, leia sobre os tipos de cobras que são legais para se ter no Brasil. Ums dessas é certo para você?

Escolha uma espécie e compre um terrário do tamanho certo. Configure-o e verifique a temperatura e a umidade por uma semana, para ter certeza de que a cobra estará segura. Então será hora de levar para casa sua cobra. Procure já um veterinário de animais exóticos perto de você.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)