Peixe Gourami, conheça!

Escrito na categoria "Peixes ornamentais" por André M. Coelho.

O gourami é uma espécie relativamente resistente de peixes de aquário de água doce e, portanto, é adequado para a maioria dos aquaristas intermediários. Existem aproximadamente 90 espécies de gourami reconhecidas, a maioria das quais são criadas em aquários. A maioria tem um corpo quadrado, fino e comprimido e é caracterizada por duas longas barbatanas pélvicas em forma de fio.

Peixe gourami: informações gerais

Gourami geralmente é um tipo pacífico de peixe, mas pode se tornar territorial quando não há espaço suficiente. Quando criados em aquários com menos de 110 litros de tamanho, às vezes podem começar a assediar seus companheiros de tanque na tentativa de marcar seu território. É sempre aconselhável manter um gourami masculino com algumas fêmeas devido à tendência dos machos de se tornarem agressivos um para o outro, apesar do tamanho do aquário.

Grupo: água doce

Tamanho: pequeno a grande

Temperamento: agressivo à Comunidade

Tamanho do aquário: médio a grande (a partir de 110 litros)

Região de natação: superfície

Dificuldade de Cuidado: cuidado semanal

Origens: Gouramis são nativos de partes do sul e sudeste da Ásia.

Cor: várias espécies de gouramis variam em cores de azul, verde, amarelo, dourado, rosa, branco e vermelho e também vêm de variedades multicoloridas.

Peixes Gourami

O gourami é um peixe ornamental bonito e que pode complementar bem seu aquário. (Foto: Aquarium Nexus)

Manutenção e cuidados do aquário com gourami

Gouramis são relativamente fáceis de cuidar e prosperam em condições de água moderadamente macias e com pH neutro. Eles são uma espécie de peixe labirinto e são capazes de inalar o ar da superfície. Por esse motivo, é importante que o aquário tenha espaço suficiente na superfície e também que não haja grande turbulência na água.

Gouramis, dependendo de sua espécie, pode variar em tamanho de algumas polegadas de comprimento a mais de 60 cm. Por exemplo, o gourami anão cresce menos de 4 cm de comprimento, enquanto os gouramis gigantes podem crescer mais de 60 cm de comprimento. Portanto, é importante ao selecionar gourami para o seu aquário estar ciente de seu potencial de crescimento. São espécies relativamente não agressivas e podem coexistir com a maioria das outras espécies de peixes tropicais. No entanto, eles tendem a começar a assediar e, às vezes, até matam espécies menores, como guppies e bettas machos com longas barbatanas.

Alimentação e reprodução do gourami

Os gouramis são onívoros e podem ser facilmente alimentados com uma dieta de alimentos de aquário à base de flocos ou pellets. Eles também devoram a maioria dos tipos de vermes e larvas de insetos.

Ao criar gourami, é importante usar um aquário separado, criado especialmente para esse fim. O aquário deve estar pouco iluminado e bem plantado. Ao desovar, um macho constrói um ninho de bolhas feitas de bolhas cobertas de saliva. O macho costuma incorporar pedaços de matéria vegetal a esses ninhos e, às vezes, pode cobrir quase um quarto da superfície do aquário.

A desova de Gourami ocorre em um “abraço” característico, onde o macho se envolve em torno da fêmea, fertilizando seus ovos quando ela os libera. Depois que a desova ocorre, o macho cuida dos ovos e é aconselhável remover a fêmea do aquário de reprodução neste momento.

Variedades de gourami para aquário

Gouramis azuis, Gouramis de chocolate, Gouramis anões, Gouramis de mel, Gouramis de beijo, Gouramis de pérolas, Gouramis de pele de cobra, Gouramis de três pontos, Gouramis gigantes, etc.

Quais gourami acham mais bonitos para aquários de água doce? Como vocês escolhem os peixes para seus aquários?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André sempre se preocupou com animais de estimação e já teve cachorros, gatos, chinchilas, peixes, e hamsters. Para poder cuidar dos seus bichos, teve de pesquisar e estudar muito, conversando com técnicos e profissionais da área. Desde 2012, decidiu compartilhar com os leitores do blog o conhecimento que aprendeu em todo este tempo.

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

Deixe um comentário