Assim como qualquer animal de estimação, o peixe também pode ficar doente. Aqui estão algumas das doenças mais comuns e como tratá-las.

Vermes âncora

Sinais ou Sintomas

Peixe se coça contra objetos

A protuberância de fios verde-esbranquiçados da pele do peixe

Pontos de anexo das minhocas ao peixe são marcadas por inflamação

Causas

Introduzido em aquários por peixes infectados, jovens vermes âncora são pequenos crustáceos que escavam na pele do peixe e entram nos músculos. Ali eles começam a desenvolver e lançar ovos antes de morrer, deixando para trás os danos que podem ser início de uma infecção.

Tratamentos

Os métodos mais comuns incluem a remoção física do parasita e limpeza da ferida com iodo como anti-séptico. Também comum é dar um banho para peixes de água doce em água salgada (35 partes por milhão) por cerca de 5 minutos para vários dias, até que o parasita caia.

Caspa do corpo

Sinais ou Sintomas

Peixe se coça contra objetos.

Camada de muco nas guelras ou corpo.

Guelras se movendo rapidamente.

Guelras e barbatanas mastigadas

Pele avermelhada

Nota: peixe pálido com barbatanas caídas, respiração rápida e/ou barrigas vazias indicam mais extensa infestação.

Causas

Condições ambientais indesejáveis​​, incluindo má qualidade da água, a superlotação, e/ou estresse por espécies incompatíveis, cria condições que podem levar a surtos destrutivos. Solhas (platelmintos de aproximadamente 1 mm de comprimento) estão freqüentemente presentes em aquários, mas permanecem inofensivos em condições ideais. Evitar situações de estresse é a chave para a prevenção, mas uma vez que um surto ocorre, o tratamento imediato é fundamental.

Tratamento

Remédios apropriados para o problema podem ser usados, mas devem ser administrados com cuidado e de acordo com indicações do veterinário. As infecções secundárias também são comuns e podem ser tratadas com antibióticos ou remédios gerais, recomendados pelo veterinário apropriado.

Caspa nas Guelras

Sinais ou Sintomas

Brânquias infectadas e pele

Semelhante a íctio, mas o sinal revelador é o movimento e possivelmente pontos nos olhos, algo que não é encontrado na íctio. Use lentes de aumento para observar.

Uma vez que as brânquias são destruídas, os peixes vão morrer.

Causas

Condições ambientais indesejáveis​​-incluindo má qualidade da água, a superlotação, e/ou estresse por espécies incompatíveis criam condições que podem levar a surtos destrutivos. Solhas, que são platelmintos geralmente com cerca de 1 mm de comprimento, estão freqüentemente presentes em aquários, mas permanecem inofensivos em condições ideais. Evitar situações de estresse é a chave para a prevenção, mas uma vez que um surto ocorre, o tratamento imediato é fundamental.

Tratamentos

Remédios apropriados para o problema podem ser usados, mas devem ser administrados com cuidado e de acordo com indicações do veterinário. As infecções secundárias também são comuns e podem ser tratadas com antibióticos ou remédios gerais (como anti-fúngicos), recomendados pelo veterinário apropriado.

Cuidados com doenças dos peixes

Há várias doenças que podem afetar seus peixes e que se não forem cuidadas a tempo, podem afetar todos os peixes de seu aquário. (Foto: www.biopeixe.com)

 

Nadadeiras Presas

Sinais ou Sintomas

Nadadeiras são dobradas contra o corpo e não se abrem como deveriam

Comportamento apático

Causas

Não indicativo de uma doença específica. Pode ser um reflexo de vários problemas, incluindo má qualidade da água e/ou parasitas. Importante primeiro determinar o problema específico afim de tratar o peixe corretamente.

Tratamento 

Primeiro testar a água do aquário para rever qualidade geral da água e realizar uma mudança parcial desta para garantir condições saudáveis. Se as nadadeiras presas são o resultado de infecções, um tratamento com medicamentos multiuso são as primeiras linhas de tratamento. Boa prática é adicionar 1 colher de sopa de sal por cada 3,8 l do aquário irá ajudar a evitar barbatanas presas. Vale lembrar de retirar sempre o carvão ativado antes de administrar qualquer tratamento.

Hidropsia

Sinais ou Sintomas

Inchaço

Escamas salientes

Causas

A infecção bacteriana dos rins, o que causa acúmulo de líquido ou insuficiência renal. Criar problemas apenas em peixes enfraquecidos. Pode decorrer de condições de aquário inapropriadas.

Tratamento 

Tratamentos externos são um desafio. Cuidados preventivos com mudanças regulares da água, mantendo a química do aquário ideal e adição de sal ao aquário são altamente recomendados. Injeções ou alimentação com antibióticos são mais eficazes, mas alguns antibióticos de amplo espectro podem ajudar, desde que recomendados pelo veterinário.

Piolhos

Sinais ou Sintomas

Manchas vermelhas no peixe, indicando uma inflamação.

Os peixes são mais violentos e inquietos

Normalmente, o peixe vai esfregar a pele contra os vidros do aquário ou outros objetos em um esforço para remover os piolhos

Outros sinais reveladores: Piolhos têm oito pernas-e lembram pequenos caranguejos pálidos. Eles aparecem como pontos ovais chatos escuros rastejando nos peixes.

O piolho usa ventosas para se anexar ao peixe. Em seguida, eles perfuram a pele e se alimentam do hospedeiro.

Causas

Normalmente vem a partir de peixes que viviam em uma lagoa ao ar livre em um tempo e foram trazidos para um aquário interior. Além disso, os piolhos dos peixes podem ser introduzidos a partir de peixes selvagens que são adicionados a um aquário. Piolhos pulam de um peixe hospedeiro para outro, espalhando bactérias e vírus, por isso, uma vez que está em seu aquário, você deve se livrar deles.

Tratamento 

Os métodos mais comuns incluem a remoção física do parasita e limpeza da ferida com um iodo como anti-séptico. Também comum é dar banho aos peixes de água doce em um banho de água salgada (35 partes por milhão) por cerca de 5 minutos durante vários dias, até que o parasita caia, ou usando um banho de formol.

Cuidando do aquário de peixinhos ornamentais

Com constante monitoramento e correção dos problemas assim que eles aparecem, rapidamente você terá um aquário rico em peixes ornamentais das mais diversas variedades. (Foto: www.ecosys.com.br)

Fungo

Sinais ou Sintomas

Inicialmente, você vai notar um crescimento de cinza ou esbranquiçado na pele e/ou barbatanas

Fungo não tratado se assemelha a um crescimento felpudo

Eventualmente, como o fungo continua a corroer o corpo do peixe, o peixe vai morrer

Causas

Peixes que desenvolvem fungo já estão em um estado vulnerável, o resultado de outros problemas graves de saúde ou ataques, tais como parasitas, uma lesão física ou uma infecção bacteriana.

Tratamento 

Muitas infecções bacterianas são diagnosticadas como de fungos, medicamentos tão comuns incluem tanto um fungicida quanto antibióticos. Remover carvão ativado e realizar mudanças parciais de água entre os tratamentos, sempre usando os medicamentos de acordo com as recomendações do veterinário.

Ácaros de guelras

Sinais ou Sintomas

Ofegante na superfície da água

Coberturas das guelras que estão parcialmente abertas

Causas

Os peixes que já estão infestados por ácaros de guelras são trazidos para aquários. Os ácaros minúsculos ficam nas brânquias do peixe, e atacam os peixes, alimentando-se de sangue e carne viva.

Tratamento 

Usar medicamentos contra parasitas de acordo com indicação do veterinário. Remover carvão ativado e repetir após 48 horas; realizar uma mudança parcial da água entre os tratamentos. As infecções secundárias também são comuns e podem ser tratadas com antibióticos ou medicamentos gerais.

Septicemia Hemorrágica

Sinais ou Sintomas

Pode ocorrer uma variedade de sintomas diferentes, apesar de alguns peixes não apresentar sintomas externos

Hemorragia dos órgãos internos, pele e músculos

Olhos esbugalhados

Abdomens inchados

Aparência machucada e tonalidades avermelhadas aos olhos, pele, brânquias e barbatanas

Feridas abertas

Comportamento anormal

Causas

Infecção que é trazido para aquários de peixes já infectados com um vírus mortal chamado vírus de septicemia hemorrágica.

Tratamento 

Não há cura conhecida para este vírus. Às vezes, o tratamento de infecções secundárias com antibióticos de amplo espectro ou tratamentos de uso geral vão reduzir a mortalidade. Remover carvão ativado e realizar uma mudança parcial da água entre os tratamentos.

Íctio

Sinais ou Sintomas

Pontos que se assemelham a grãos de sal ou de areia branca na pele

Podem ser ligeiramente protuberantes

Coçar contra objetos devido à pele irritada

Barbatanas tensionadas

Ofegante na superfície da água

Causas

Geralmente ataca os peixes que estão estressados​​, podendo ser causadas por fatores, incluindo flutuações rápidas de temperatura e de pH.

Tratamento

Há medicamentos apropriados para esta doença. Retire o carvão ativado e repita o tratamento após 24 hora,; realizando uma mudança parcial da água entre os tratamentos. Repita até que os sintomas acabem. As infecções secundárias também são comuns e podem ser tratadas com antibióticos ou curas gerais . Temperatura constante e boa qualidade da água vão ajudar a prevenir infecções, além de usar sal no aquário.

Barbatana Caudal Rasgada

Sinais ou Sintomas

A deterioração progressiva da cauda e/ou barbatanas

Nadadeiras apresentam sinais de desgaste ou a sua cor pode desaparecer

Causas

Uma infecção bacteriana pode causar esse problema em peixes mais suscetíveis, ou seja,  aqueles que são intimidados ou feridos por companheiros, especialmente em aquários com condições precárias.

Tratamento

Primeiro testar a água do aquário para rever qualidade geral da água e realizar uma mudança parcial da água para garantir condições saudáveis. Se são o resultado de infecções, um tratamento multiuso é a primeira linha de tratamento. Boa prática é adicionar 1 colher de sopa sal por cada 3,8 l do aquário para ajudar a evitar o problema.

Deterioração da Cauda, Barbatana e Boca

Sinais ou Sintomas

A deterioração progressiva da cauda e/ou barbatanas

Nadadeiras apresentam sinais de desgaste ou a sua cor pode desaparecer

Causas

Uma infecção bacteriana pode ser a causa em peixes suscetíveis peixe, ou seja, aqueles que são intimidados ou feridos por companheiros, especialmente em aquários com condições precárias.

Tratamento

Primeiro você deve testar a água do aquário para rever qualidade geral e realizar uma mudança parcial da água para garantir condições saudáveis. Se o problema é o resultado de infecções, um tratamento multiuso é a primeira linha de tratamento. Boa prática é adicionar 1 colher de sopa sal por cada 3,8 l do aquário.

Não se esqueça: sempre consulte um médico veterinário local para diagnosticar corretamente doenças e indicar os tratamentos adequados.

Você já teve peixes com algum destes problemas? Como solucionou a doença? Compartilhe nos comentários sua experiência!

Aviso legal

O conteúdo deste site tem caráter apenas informativo. NÃO prescrevemos substâncias ou tratamentos veterinários. NUNCA faça tratamentos em seu animal ou utilize substâncias, mesmo que naturais, sem a indicação de um veterinário.

8 comentários para “Doenças de peixes! Veja se o seu peixinho tem alguma!”

  1. Adriano de Freitas Queiroz

    Meu apai trabalha com peixes preciso de ajuda para saber o que esta acontecendo com os peixes dele estão morrendo

    Responder
    • Equipe Estimação

      Adriano, consulte um veterinário especializado em peixes. É A melhor forma de você descobrir tanto a causa do problema quanto o tratamento.

      Responder
  2. Marta

    Olá! Suas informações sobre doenças em peixes foram muito importantes para mim. Nunca pensei que peixes adoeciam, até que construi um aquário e comecei a cria-los. Meu aquário tem, mais ou menos, 3m/1m. Tenho uma carpa de uns 20cm de comprimento e ela está com uma ferida acima da boca. Não sei o que fazer. Devo colocar sal na água? Me responda, por favor! Obrigada.

    Responder
    • Equipe Estimação

      Marta, é interessante consultar um aquarista profissional (lojas de peixes ornamentais) ou um veterinário especializado em peixes. Eles poderão te ajudar a ter um diagnóstico mais preciso, inclusive ajudando a diagnosticar problemas na qualidade da água também.

      Responder
  3. Carlos Gonçalves

    Tenho uma carpa com os mesmos sintomas o que fazer?

    Responder
    • Equipe Estimação

      Carlos, tente conversar com um veterinário se as dicas do nosso artigo não funcionarem. Limpe todo o aquário, e controle melhor o pH da água.

      Responder
  4. Edilane

    Bom dia me ajude eu tenho um aquário mas meus peixe estão morrendo eu já fiz de tudo eu queria sabe que tinha algum remedio

    Responder
    • Equipe Estimação

      Edilane, tem que verificar bem o que pode estar acontecendo, eliminando os problemas um a um. Já tentou perguntar a um aquarista de sua cidade o que pode estar acontecendo?

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)