Animais de Estimação

Porque seu pet precisa de atenção !

Dor de ouvido em gatos e cães! Como evitar e tratar?

Pedimos a todos os donos de animais de estimação que leiam este artigo com atenção redobrada. Queremos te ajudar a cuidar de um problema muito freqüente nas casas que tem gatos ou cães de estimação.

A cena é comum e certamente você já pode ter presenciado. Quantas vezes você já viu seu animal de estimação coçando o ouvido? Não confunda com orelha, estamos falando daquela coceira dentro do ouvido mesmo. Existe casos que além da coceira, é fácil perceber a presença de um mau cheiro nessa região.

Quando o assunto é a higiene dos gatos e cães, a atenção deve ser redobrada, justamente pela facilidade de contrair infecções ou outros tipos de problemas.

Você deve saber que a prática de coçar a orelha é sim muito comum entre os animais de estimação, mas você deve observar bastante a freqüência e intensidade destas coçadas. Talvez o seu animal esteja com algum problema de ouvido e sofrendo bastante sem que você saiba.

Veja agora os principais sintomas de um possível problema de ouvido com seu animal:

  • Movimentação constante da cabeça
  • Perceber que seu animal tente esfregar a orelha e focinho no chão
  • Liberação de cera em excesso
Gato coçando o ouvido

Como evitar as doenças de ouvido?

Entre as possíveis causas, a mais comum está ligada à umidade, principalmente com água que entra na hora dos banhos. Para evitar este problema, você pode colocar algodão nas orelhas de seu animal na hora do banho.

Estas infecções também podem ser causadas por fungos ou bactérias. Elas podem ter sido causadas pelo próprio animal, no momento em que ele coça seu ouvido, ele pode deixar sujeira no local ou até mesmo causar machucados. Tudo isso funciona como porta aberta para a ação destes micro-organismos.

Este tipo de inflamação de ouvido é bem comum entre os animais, ela recebe o nome de Otite e apesar de causar muito incomodo, é muito simples de tratar. Assim que ela for diagnosticada, você deve cuidar ainda mais da higiene do local afetado, isso deve ser feito com mais freqüência e utilizar a aplicação correta dos medicamentos sugeridos pelo veterinário.

Após ler este artigo, certamente você entendeu que observar seu animal e seus hábitos pode te ajudar e muito na prevenção deste tipo de situação. A higiene nem precisa ser dita, pois em minha opinião é algo que jamais deve ser esquecido ou descuidado.

Aproveite ao máximo as informações passadas através deste artigo e melhores ainda mais as condições de vida do seu animal de estimação.

Categorias:

Comente e participe !

Links patrocinados

Links patrocinados

X
Dicas de pets por email !