Este artigo é sobre a gravidez das nossas bichinhas de estimação, sejam gatas ou cadelas. Em primeiro lugar, a pergunta a ser respondida é sobre como saber se a gata ou a cadela estão grávidas. Se você colocou a sua fêmea para cruzar no período do cio as chances de gravidez são bastante altas. Mas pode ser que as fêmeas não castradas também engravidem em alguma fuga, principalmente as gatas. Se depois de um cruzamento ou depois de uma fuga a sua gata ou cadela aparecerem com a barriguinha um pouco maior e com as tetinhas inchadas, as chances de estarem prenhas são enormes! Os veterinários descobrem se as fêmeas estão prenhas apalpando a sua barriga. Eles conseguem sentir como se fossem bolinhas e assim confirmam a gravidez. Para ter total certeza da gravidez da sua fêmea, consulte um veterinário. Ele lhe dará 100% de certeza.

Caso a resposta seja positiva, prepare-se para cuidar de sua gata ou cadela de um modo especial. A alimentação deverá ser diferente da usual, pois além de se nutrir, a fêmea deverá nutrir a ninhada para que essa nasça forte e saudável. O tempo necessário de mudança e reforço da alimentação deverá ser após o cruzamento (ou logo após a descoberta da gravidez) e se manter ainda por 15 dias após o desmame (que acontece em média 2 meses após o parto). Quando for cruzar a fêmea, esta não deve estar gorda, e durante a gestação a gordura deve ser evitada ao máximo. O excesso de gordura pode causar complicações no parto, principalmente na necessidade de cesariana.

Minha cadela está grávida

Cuidados com a gravidez das cadelas

Os nutrientes necessários para uma boa gestação são, sobretudo, o cálcio (para o leite), as proteínas e os sais minerais. Existem rações especiais para gatas e cadelas gestantes, com todos os nutrientes necessários incluídos. São rações mais caras, mas, no entanto, obrigatórias! Em alguns casos será necessário suplementação, principalmente quando a fêmea estiver amamentando. A falta de cálcio pode provocar eclâmpsia e a morte da fêmea, assim como deficiências nos filhotes.

Você perceberá que a fêmea elegerá um lugar específico da casa para ficar quieta e repousando. Muito provavelmente esta é a escolha do ninho, do lugar que ela irá dar a luz. Se o lugar for adequado, deixe-o mais confortável possível, com panos macios e aconchegantes. Se for um lugar perigoso e alto, como dentro de armários, em cima de um móvel, trate de não deixar e condicione-a a outro lugar mais adequado. Do contrário, é perigoso para os filhotes nascerem nestes locais, pois podem cair e sofrer grandes danos.

Minha gata está grávida

Gravidez de gata

O tempo de gestação é em média 60 dias para as cadelas, e 65 para as gatas. Quando for o momento de dar a luz você perceberá a fêmea agitada e inquieta. Ela provavelmente irá para o ninho eleito e começará o trabalho de parto. Acompanhe-a como observadora, fazendo companhia. Ela sentirá as dores das contrações, irá gemer até que saia o primeiro filhotinho. O intervalo entre um filhote e outro pode ser longo, é necessário paciência. Não manuseie os filhotes, deixe que a fêmea lamba e retire a placenta de cada um. Logo estarão todos limpos e mamando na recém-mamãe! Se o trabalho de parto demorar muito, e você notar que a fêmea está sofrendo mais que o normal, não hesite em ligar para um veterinário e seguir suas instruções.

Após o nascimento dos filhotes, interfira o mínimo possível na relação entre eles. Manusear demais os filhotes pode retirar o seu cheiro natural e fazer com que a mãe deixe de reconhecê-lo! A amamentação deve ser realizada por no mínimo 2 meses. Não desmame todos os filhotes de uma vez para a mamãe não sentir o choque repentino da separação.

Um comentário para “Cuidados com gatas e cadelas grávidas”

  1. gabriela

    adorei este sate pois mi ajudou muito pelo o que falou ai eu estava colocando a vida da minha gata em risco muito obrigada

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)